PUBLICIDADE
Topo

UOL Esporte vê TV

Galvão critica Conmebol por definir Maradona como maior da história

Galvão Bueno, em participação no Seleção SporTV - Reprodução/SporTV
Galvão Bueno, em participação no Seleção SporTV Imagem: Reprodução/SporTV

Do UOL, em São Paulo

26/11/2020 14h02

O narrador do Grupo Globo, Galvão Bueno, teceu duras críticas à Conmebol na edição de hoje do 'Seleção Sportv'. Em meio às homenagens a Diego Maradona, a Confederação Sul-Americana se referiu ao ídolo argentino como "o maior de todos".

Para Galvão Bueno, a declaração foi infeliz pois não era momento para comparações.

"A Conmebol foi muito mal ontem na declaração de que Maradona foi o maior de todos. Não é hora de comparação. Eu sempre chamei o Pelé de Edson Arantes do Nascimento, o Rei. Mas ontem não era momento de nenhuma comparação", disse o narrador.

Galvão Bueno ainda lembrou que a comoção se assemelha ao que se viu no Brasil quando Ayrton Senna faleceu.

"O personagem transcende ao esporte. O que está acontecendo na Argentina é muito parecido com que vivemos com Senna", completou.

UOL Esporte vê TV