PUBLICIDADE
Topo

UOL Esporte vê TV

Reginaldo Leme conversa com Band e pode voltar à TV na Stock Car

Reginaldo Leme - Greg Salibian/Folhapress
Reginaldo Leme Imagem: Greg Salibian/Folhapress

Gabriel Vaquer

Do UOL, em Aracaju

25/11/2020 04h00

Diretores da Band conversaram na última segunda-feira (23), de forma informal, com o comentarista e jornalista Reginaldo Leme. Por enquanto, não existe nenhuma negociação ativa, mas a emissora chamou Leme para conversar sobre possibilidades para futuro. Uma delas seria que Leme, que ficou na Globo por quase 40 anos, comente a Stock Car, recentemente adquirida pela Band, e participasse de telejornais da Band para falar de automobilismo.

Segundo apurou a reportagem do UOL Esporte, além de Reginaldo Leme, os diretores Rodolfo Schneider, Denis Gavazzi e Fernando Mitre participaram do papo. Foi exposto os planos da Band para os próximos meses. Além da Stock Car, a Fórmula Indy também seguirá na Band para 2021. Uma proposta formal ainda não foi feita, mas as conversas foram bastante interessantes. Reginaldo Leme e Band pretendem se reunir outras vezes. A emissora prega cautela.

Além das competições, Reginaldo Leme seria um reforço bastante interessante para o "Show do Esporte" na visão da emissora. Apresentado por Glenda Kozlowski e Elia Junior, a atração tem buscado falar de outras modalidades além de futebol. A compra da Stock Car ajuda no projeto, que é considerado de longo prazo. O contrato é até 2025, renováveis até 2030. A categoria terá suas marcas patrocinadoras citadas nas corridas e os pilotos farão ações de promoção para chamar o público para a nova casa.

A principal novidade da Stock Car para o ano que vem é a entrada do piloto Felipe Massa, um dos últimos corredores brasileiros a se destacar na Fórmula 1, quando chegou a ser vice-campeão mundial em 2008 com a Ferrari. Rubens Barrichello e Cacá Bueno são outros pilotos que se destacam na Stock Car. A ida para a Band também é uma conquista dos novos donos da Stock Car, que queriam mais exposição para o evento.

Depois de ser comandada por 15 anos pelo Grupo Time For Fun (TF4), a Stock Car foi comprada neste ano pelo fundo nacional United Partners. A holding é gerida pela Paraty Capital, responsável pela gestão de fundos acionistas de empresas de diversos segmentos. Juntas, essas empresas possuem um capital que ultrapassa a casa dos R$ 12 bilhões.

Reginaldo Leme está fora da televisão desde o fim de 2019, quando deixou a Globo após 40 anos. Foi comentarista fixo da Fórmula 1 na Globo, em dupla com Galvão Bueno que fez história. Leme saiu por que seu contrato não foi renovado por desejo da emissora. Desde então, o jornalista tem feito participações em outras emissoras sobre seu histórico na televisão, contando histórias sobre as coberturas que fez, além de falar do atual momento das corridas.

UOL Esporte vê TV