PUBLICIDADE
Topo

UOL Esporte vê TV

Luizão relembra atitude de Felipão que o deixou bravo em 2002

Luizão posa com camisa da seleção brasileira no aeroporto de Congonhas - Pedro Ivo Almeida/UOL
Luizão posa com camisa da seleção brasileira no aeroporto de Congonhas Imagem: Pedro Ivo Almeida/UOL

Colaboração para o UOL, em São Paulo

24/11/2020 17h47

Durante o 'Resenha ESPN' na companhia de Rivaldo, César Sampaio e Alex, Luizão recordou alguns detalhes sobre a Copa do Mundo de 2002, a qual foi pentacampeão com a seleção brasileira. Para o centroavante, uma situação com Felipão, que não o utilizou em uma oportunidade no torneio, o marcou durante a estadia no Japão.

"Nós pós-jogo, a primeira latinha o Felipão dava sempre para mim. Aí me lembro que o Ronaldo estava sentindo e eu era o único centroavante no banco. Logo, Felipão mandou descer seis para o aquecimento e eu não fui aquecer. Fiquei de cara feia, queria uma oportunidade, depois o Felipão foi entregar a primeira latinha, não aceitei e ele não entendeu nada. Mas, não demorou nada para não cairmos na risada", recordou o ex-jogador.

Ainda no bate-papo, o ídolo do Corinthians não hesitou em falar sobre o melhor jogador da seleção brasileira no torneio. Em meu ponto de vista, Rivaldo se sobressaiu aos demais, por diversos motivos.

"Para mim foi o melhor jogador da copa do mundo. Para mim o Rivaldo jogou muito, muito mais do que todos os outros, no caso dele, podemos dizer que foi fundamental, o melhor do Brasil na Copa do Mundo", enfatizou Luizão.

UOL Esporte vê TV