PUBLICIDADE
Topo

UOL Esporte vê TV

Goycochea diz que foi cobrado por Branco sobre episódio da 'água batizada'

Goycochea durante amistoso da seleção argentina em Wembley, Londres, em 1991  - Ben Radford/GettyImages
Goycochea durante amistoso da seleção argentina em Wembley, Londres, em 1991 Imagem: Ben Radford/GettyImages

Colaboração para o UOL, em São Paulo

06/11/2020 11h38

Ex-goleiro da seleção argentina, Goycochea contou que, durante sua passagem pelo Inter, foi cobrado pelo brasileiro Branco por conta do episódio da água 'batizada' nas oitavas de final da Copa do Mundo de 1990 - vitória da Argentina por 1 a 0 sobre o Brasil.

Na partida, durante uma paralisação, o lateral esquerdo Branco recebeu água da comissão argentina. O jogador teria ficado sonolento a partir daquele momento e os argentinos foram acusados de 'batizar' a bebida com calmantes.

Goycochea, que defendeu o Inter entre 1995 e 1996, contou que quando reencontrou Branco no time colorado, cinco anos depois do episódio, o jogador brasileiro ainda não havia esquecido a situação.

"O Branco tomou a água. E eu joguei com Branco no Internacional. O Branco chegou no Inter e, antes de cumprimentar todo o elenco, ele apontou para mim e fez cara de bravo! Me apontava o dedo. Eu dizia 'Eu não sei. Não tenho nada a ver com isso! Eu estava no gol, muito longe da metade do campo'. O Branco diz que a água o fazia dormir. Essa é a verdade", contou Goycochea, em entrevista ao Resenha ESPN, que vai ao ar hoje, às 22h.

Após eliminar o Brasil, a Argentina passou por Iugoslávia e Itália - nos pênaltis - e chegou à final da competição, em que foi derrotada pela Alemanha por 1 a 0.

UOL Esporte vê TV