PUBLICIDADE
Topo

UOL Esporte vê TV

Libertadores no SBT supera Eliana, Chiquititas e programa Silvio Santos

Jogadores do Flamengo celebram gol contra o Junior Barranquilla - Alexandre Loureiro/Conmebol
Jogadores do Flamengo celebram gol contra o Junior Barranquilla Imagem: Alexandre Loureiro/Conmebol

Gabriel Vaquer

Colaboração para o UOL, em Aracaju

28/10/2020 04h00

Novamente apostando em um jogo do Flamengo para alavancar a audiência, a Libertadores da América voltou a marcar o maior índice semanal do SBT na derradeira rodada da fase de grupos. Na semana passada, entre os dias 19 e 25, com o jogo do Palmeiras apenas para o estado de São Paulo e o Rubro-Negro vencendo o Junior Barranquilla (COL) para o resto do país, a competição foi líder de Ibope na emissora com as partidas exibidas no dia 21, vencendo os tradicionais dominicais e campeões de audiência de Eliana e Silvio Santos, além de superar também o folhetim jovem "Chiquititas", que completa o top 3 do canal.

Segundo dados divulgados pelo Ibope ontem (27) e obtidos pelo UOL Esporte, a competição marcou 9,0 pontos de audiência em todo o país e foi líder na medição em ao menos quatro capitais. Líderes normalmente quando o SBT não exibe futebol, Eliana e Silvio Santos ficaram atrás, marcando 6,7 e 7,9 pontos, respectivamente. O maior índice foi em Manaus, cidade com número considerável de torcedores do Flamengo. O jogo liderou os números, venceu a Globo e marcou média de 20,4 pontos de audiência.

Logo depois veio Vitória, outra capital conhecida historicamente por ser um reduto de flamenguistas. Nova vitória sobre a Globo, atingindo 19,7 pontos. Completou o top 3 de maiores audiências o Rio de Janeiro, onde Flamengo x Junior ganhou da Globo e marcou 16,7 pontos de média. Só para efeito de comparação, a ELiana marcou 5,0 pontos em Manaus, 7,7 em Vitória e 7,2 no Rio de Janeiro. Silvio Santos foi ligeiramente melhor, atingindo 7,0 pontos em Manaus, 10,0 em Vitória e 8,7 no Rio de Janeiro.

Redução no comparativo semanal

Mesmo que tenha sido líder na concorrência interna do SBT, a Libertadores marcou menos Ibope em todo o Brasil do que na semana da quinta rodada, onde fechou com 10,6 pontos - uma redução de 15% ao alcançado semana passada. Mas a redução se explica, entre outros fatores, pelo fato do jogo contra o Junior não ter grande importância de classificação - tanto que o Flamengo jogou com praticamente todos os reservas em campo na vitória por 3 a 1 no Maracanã.

Outro ponto é que o jogo do Palmeiras não foi bem em São Paulo e Campinas, cidades onde o jogo foi a atração da noite. Na capital paulista, foram apenas 6,7 pontos. Na cidade campineira, menos ainda: 3,4 pontos e o pior resultado da Libertadores nas 15 principais capitais onde o Ibope mede a audiência nacional.

Mas o resultado, ainda assim, mantém o Fla invicto no SBT. Desde que começou a ser usado como arma e exibido para todo o Brasil na Libertadores, a competição é a atração mais vista da emissora de Silvio Santos com certa folga.

Muito por isso, o SBT voltará a apostar no Rubro-Negro para as oitavas de final da Libertadores e escalou a partida contra o Racing (ARG) para o dia 24 de novembro e 1 de dezembro, duas terças, às 21h30. A transmissão começará a partir das 21h15 e terá narração de Téo José, que é a voz do SBT para os jogos da principal competição do futebol sul-americano. A expectativa é que, mesmo disputando contra a novela das 21h da Globo, os resultados do Painel Nacional de Televisão (PNT) superem a casa dos 12 pontos.

UOL Esporte vê TV