PUBLICIDADE
Topo

UOL Esporte vê TV

Band contrata narradora e terá 1ª equipe 100% feminina para exibir futebol

Isabelly Morais em ação: jornalista foi contratada pela Band e narrará Brasileirão Feminino - Reprodução/Twitter
Isabelly Morais em ação: jornalista foi contratada pela Band e narrará Brasileirão Feminino Imagem: Reprodução/Twitter

Gabriel Vaquer

Colaboração para o UOL, em Aracaju

28/10/2020 00h03

Em uma ideia pioneira para uma rede comercial de TV, a Band montou uma equipe 100% feminina para transmitir futebol feminino nas tardes de domingo a partir do próximo fim de semana. A emissora paulista contratou a jornalista e narradora Isabelly Morais, que atuou no Fox Sports na Copa do Mundo de 2018, na Rússia. Junto com ela, retorna à Band a ex-jogadora e comentarista Millene Domingues. Junto com as duas, Alline Callandrini, que já atua na casa, completará o time.

A informação foi apurada pelo UOL Esporte e confirmada por diversas fontes. Isabelly, Millene e Alline já gravaram chamadas comerciais que vão começar a rodar a programação. Enquanto Alline e Millene gravaram em São Paulo, Isabelly fez o seu trabalho início em Belo Horizonte, onde mora atualmente. Ambas vão transmitir conjuntamente, todo domingo à tarde, dentro do "Show do Esporte", os jogos do Brasileirão Feminino, uma das atrações da maratona esportiva comandada por Glenda Kozlowski e Elia Júnior.

Será a primeira oportunidade de Isabelly como narradora em TV aberta. Em 2018, ela foi revelada no projeto "Narra Quem Sabe", do Fox Sports. Comandado por Vanessa Riche, o objetivo foi achar três narradoras mulheres para uma cobertura especial da Copa do Mundo de 2018 no Fox Sports 2, que contou apenas com mulheres. Além de Isabelly, Renata Silveira, até hoje narradora do Fox Sports, e Manuela Avena, que trabalha no SBT na Bahia e narrou jogos do Bahia na Copa do Nordeste deste ano, foram as vencedoras.

Desde 2018, Isabelly Morais buscava uma chance como locutora. Atualmente, ela trabalhava no jornal O Tempo, de Minas Gerais - Isabelly sairá do trabalho atual para realizar seu grande sonho. Junto com Isabelly, chega Millene Domingues, uma das ex-jogadoras mais populares do futebol feminino brasileiro. Millene já trabalhou no Band Sports, onde atuava no programa "Arquibancada". Millene também foi comentarista da Copa do Mundo feminina de 2019, na França, na Globo.

Hoje, a ex-atacante atua apenas na Rádio Tropical FM de São Paulo - onde continuará mesmo com o retorno à Band. Para completar o trio, Alline Callandrini, que já comenta os jogos do futebol feminino na Band desde o ano passado, completa o trio. Alline foi zagueira da seleção brasileira e atuou também no Santos e no Corinthians. Fora a experiência dentro de campo, Alline é formada em jornalismo e se destacou na cobertura da Band na Copa do Mundo feminina de 2019.

Band larga na frente em "disputa" com Globo

Será a primeira vez que uma rede comercial de TV terá uma equipe regular feminina para transmissões de futebol. A única vez que isto aconteceu foi em 2019, quando a Cultura escalou Natália Lara e Thaís Picarte para comandar as transmissões do Torneio Internacional de Futebol Feminino, o primeiro torneio de Pia Sundhage após assumir a seleção nacional. Porém, a iniciativa foi pontual e não houve eventos, nem repetições deste expediente.

Curiosamente, a Band emula uma ideia que a Globo tinha para o ano que vem. A emissora carioca tem a intenção de exibir o Brasileirão Feminino nas manhãs de domingo, no lugar da Fórmula 1, que deixará a programação da Globo após 39 anos. Após contratar Nadine Basttos para a "Central do Apito", e ter Renata Mendonça e Ana Thaís Matos como comentaristas, a ideia da Globo era fechar com uma narradora e ter uma equipe só de mulheres para esses jogos. A Band, no entanto, "largou na frente". O projeto da Globo segue de pé.

UOL Esporte vê TV