PUBLICIDADE
Topo

UOL Esporte vê TV

Presidente do Cruzeiro destaca foco na Série A: 'Sabemos que é possível'

Sérgio Santos Rodrigues, presidente do Cruzeiro, diz que clube deve anunciar técnico até sexta-feira - Igor Sales/Cruzeiro
Sérgio Santos Rodrigues, presidente do Cruzeiro, diz que clube deve anunciar técnico até sexta-feira Imagem: Igor Sales/Cruzeiro

Colaboração para o UOL, em São Paulo

12/10/2020 19h53

O presidente do Cruzeiro, Sérgio Santos Rodrigues, acredita que o clube está "na briga" pelo acesso à Série A do Campeonato Brasileiro. Atualmente na vice-lanterna da Série B, o dirigente acredita que "o local da tabela não reflete a campanha" do clube. Por punição da Fifa, a Raposa iniciou a competição com seis pontos a menos.

"É claro que a gente quer e batalha pelo acesso ainda, sabemos que é possível. A gente vai trabalhar e nosso foco é total na Série A", afirmou o presidente em entrevista ao "Expediente Futebol", do Fox Sports. Caso o acesso não venha, o clube não descarta vender jogadores.

"Isso não ocorrendo, é claro que a gente vai ter que usar outros ativos que o Cruzeiro tem para buscar nova forma de captação de recurso e, claro, readequar dívida", completou.

Em relação à campanha do clube (cinco vitórias, três empates e sete derrotas) na Série B, Rodrigues lamentou os reveses por "detalhes" e exaltou o elenco da Raposa.

"O local da tabela não reflete a campanha deste time. Eu não acho que o elenco do Cruzeiro está abaixo, mas a gente vê muitos jovens, perdemos jogos em detalhes. É claro que a gente acha que precisa ajustar o elenco de alguma forma, então a gente, além de trazer outros jovens, trouxe pessoas mais experientes", opinou.

Sem um técnico desde a demissão de Ney Franco, o presidente evitou dar nomes, mas acredita que o novo comandante será anunciado até sexta-feira, quando o Cruzeiro recebe o Juventude. Segundo o dirigente, a Raposa busca um treinador vitorioso e com experiência na Série B.

"Muito provável (que até sexta-feira tenha um novo treinador). Ontem, assim que a gente retornou para o hotel após o jogo e a conversa com o Ney, iniciamos contatos, e isso foi até 00h30, 1h. Hoje, 7h, a gente já estava em contato, é o dia inteiro ligando. Ouvindo bastante e perguntando bastante para chegar na melhor decisão o quanto antes, mas a gente tem muita confiança de que teremos este nome até sexta", falou Sérgio Rodrigues, que explicou a saída de Ney Franco:

"Acabou não dando certo da forma que a gente esperava, e o tempo para o Cruzeiro urge. Infelizmente, a gente não poderia esperar mais para fazer mais ajustes, mas claro que a gente sabe também das limitações gerais".

UOL Esporte vê TV