PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Ciclista teve concussão e não se lembra de acidente envolvendo helicóptero

Ciclista se envolve em acidente com barreiras arremessadas por helicóptero no Giro d"Italia de 2020 - Reprodução/Twitter
Ciclista se envolve em acidente com barreiras arremessadas por helicóptero no Giro d'Italia de 2020 Imagem: Reprodução/Twitter

Colaboração para o UOL, em São Paulo

07/10/2020 11h32

Um dos ciclistas envolvidos em um acidente durante uma das etapas do Giro d'Itália, Luca Wackermann sofreu múltiplas lesões após ser atingido por barreiras arremessadas pelo vento de um helicóptero. De acordo com sua equipe, o italiano teve uma concussão, além de fraturas na face.

Em comunicado, a equipe de Wackermann informou que o ciclista foi levado para o Hospital Universitário de Messina, e sofreu concussão, traumatismo craniano, fratura no nariz, múltiplas lesões no rosto, braços e pernas, além de uma suspeita de fratura na região lombar.

Nas redes sociais, a equipe compartilhou uma foto do ciclista e brincou com o seu "lindo sorriso".

"Ferido, machucado, enfaixado, mas este é um lindo sorriso", escreveu em seu Twitter.

Em entrevista a Eurosport, Luca Scinto, membro da equipe de Wackermann contou que o competidor não se lembra do acidente."Ele não se lembra de nada, mas, felizmente, está vivo. Isso é o importante".

Já a Associação de Ciclistas Profissionais solicitou uma investigação sobre o caso, que também envolveu Etienne van Empel. O holandês não teve lesões graves.

"Falamos diretamente com Luca Wackermann e estaremos ao seu lado para fazer justiça depois do que aconteceu ontem no Giro d'Itália. Solicitamos uma investigação sobre o ocorrido à União Internacional de Ciclismo. Esse tipo de acidente é intolerável". anunciou a entidade em seu pertil oficial no Twitter.

Esporte