PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Casillas desabafa após aposentadoria: 'Me foi imposta pelas circunstâncias'

Casillas anunciou a aposentadoria do futebol aos 39 anos - Reprodução
Casillas anunciou a aposentadoria do futebol aos 39 anos Imagem: Reprodução

Colaboração para o UOL, em São Paulo

05/10/2020 13h08

Aposentado há dois meses, o goleiro Iker Casillas afirmou que "circunstâncias" impuseram sua despedida dos gramados aos 39 anos. Em entrevista à revista France Football, o campeão mundial pela seleção espanhola recordou o infarto sofrido em maio de 2019 e lamentou a forma com que pendurou as luvas.

Com passagens por Porto e Real Madrid, Casillas não se alongou sobre os motivos que culminaram em sua "imposta" aposentadoria. O jogador, porém, dá a entender que o problema cardíaco foi um dos responsáveis pela abreviação de sua carreira.

"Não foi uma decisão difícil, porque não fui eu quem a tomou. Me foi imposta pelas circunstâncias, e não me restou outra alternativa a não ser aceitar. É verdade que, antes do infarto, pensava que seria algo que chegaria em um ou dois anos. Lógico que a cada dia me aproximava mais do fim da minha carreira esportiva, mas não terminou da maneira que gostaria, e me dá pena", declarou Casillas.

"Se pensar bem, não me aposentei por causa de uma lesão grave de jogador de futebol, foi algo muito grave e que pude me salvar. Devo estar agradecido porque tive uma carreira vitoriosa, com mais momentos mágicos que caóticos", completou.

Um dos principais nomes da seleção da Espanha, Casillas anunciou sua aposentadoria em agosto desde ano, em suas redes sociais. Na ocasião, o goleiro afirmou que "não é um ponto final, a viagem não acaba aqui. Isto segue e estou certo que logo nos encontraremos de novo".

Futebol