PUBLICIDADE
Topo

UOL Esporte vê TV

"Temos que parar de exigir mais do que pode entregar", diz Lino sobre Luxa

Carlos Eduardo Lino e André Rizek criticam atuação do Palmeiras contra o Flamengo - Reprodução/SporTV
Carlos Eduardo Lino e André Rizek criticam atuação do Palmeiras contra o Flamengo Imagem: Reprodução/SporTV

Colaboração para o UOL, em São Paulo

28/09/2020 14h03

Apesar da invencibilidade, a série de empates e o futebol burocrático do Palmeiras que vêm irritando parte da torcida geraram debate no "Seleção SporTV" de hoje. E o comentarista Carlos Eduardo Lino não aliviou para Vanderlei Luxemburgo, afirmando que não se pode cobrar do treinador algo que ele não pode entregar.

"Temos que parar de exigir do Luxemburgo mais do que ele possa entregar. O Luxemburgo sabe fazer esse ritmo popular, esse jeitinho dele. Não adianta vir com esse discurso moderno porque ele não sabe isso, não sabe entregar isso. Dá algum resultado porque nosso futebol é atrasado. Cheguei à conclusão nesse final de semana que o Palmeiras é isso aí", afirmou.

O comentarista do SporTV ainda afirmou que a série invicta do Palmeiras está relacionada ao mau momento vivido pelo futebol brasileiro, de maneira geral.

"O Palmeiras é antiquado, e no futebol brasileiro receitas velhas ainda dão resultados. Mas a gente não vai ver no Luxemburgo aquele futebol que tem na cabeça dele. Ele não sabe dar método para transformar o time dele num time moderno. O Luxemburgo é isso, eu cansei", desabafou.

Para Rizek, o desempenho do Palmeiras na partida contra um Flamengo cheio de desfalques é apenas o reflexo do que o time vem fazendo no Campeonato Brasileiro.

"Você olha não só o jogo de ontem, mas todos do Brasileiro, a gente tem a lista de resultados, com quatro vitórias e sete empates. O que aconteceu ontem, na verdade, foi o que aconteceu em todos os jogos do campeonato. O Palmeiras é inofensivo. O Palmeiras quando tem que bater no peito e falar 'o jogo é meu', ir para cima do adversário, o Palmeiras não consegue", disse.

Para Paulo Vinícius Coelho, Luxemburgo sabe que o Palmeiras está devendo um melhor futebol. O comentarista concordou que a equipe não joga um futebol moderno, mas disse que é preciso entender em qual ponto o treinador do Palmeiras está ultrapassado.

"O que ultrapassou? Que tipo de treino ele faz e que tipo de treino não se faz mais? Eu escrevi uma coluna em 2007 falando que o Vanderlei não era mais o melhor do Brasil. O Palmeiras contratou o Luxemburgo que prometeu que iria fazer a academia. Ele sabe que está devendo. Ele tem a melhor defesa da Série A, mas isso não vai levar ao título brasileiro e provavelmente não vai levar a título de mata-mata", completou PVC.

Paulo Vinicius Coelho também opinou sobre o elenco do Palmeiras. Para ele, o time "não é mais aquela história de melhor elenco do Brasil", ressaltando que o clube tem 27 jogadores, dos quais dez são das divisões de base.

"A gente está falando de um elenco que se renovou. (...) A gente fala do elenco do Palmeiras com base em jogadores que não rendem, como Scarpa, Veiga e Lucas Lima, e jogadores que são jovens, como Gabriel Menino, Patrick de Paula, Gabriel Veron, Danilo. Seis meses atrás, eles 'não existiam', ninguém sabia quem eram esses jogadores. Eu acho fundamental que time bom consagra jogador ruim. E time ruim enterra jogador bom", afirmou.

"Não estou dizendo que o elenco do Palmeiras é ruim, só que não pode mais ser avaliado como antes", finalizou.

UOL Esporte vê TV