PUBLICIDADE
Topo

UOL Esporte vê TV

Turner tem trégua com Globo, comemora Ibope e busca marcas para Brasileirão

Reprodução
Imagem: Reprodução

Gabriel Vaquer

Colaboração para o UOL, em Aracaju

26/09/2020 04h00

A Turner ainda não finalizou em 100% sua disputa com a Globo nos bastidores para ter mais jogos de transmissão do Brasileiro, mas a empresa americana está tocando sua vida, e conseguindo sucesso com as partidas no campeonato deste ano.

Jogos exibidos com exclusividade ou não na TNT estão conquistando uma boa audiência na TV por assinatura. A busca atualmente da programadora é por aumentar o número de patrocinadores.

Segundo apurou a reportagem do UOL Esporte, até aqui, 60% dos jogos exibidos foram líderes de audiência geral na TV por assinatura brasileira.

Na média de todos os jogos exibidos entre a 1ª e a 11ª rodada, se comparando com os concorrentes esportivos, os confrontos do Brasileirão 2020 também são primeiro lugar no Ibope.

A partida mais vista até aqui foi Athletico-PR x Palmeiras, realizada no dia 19 de agosto, com média de 2,95 pontos de audiência. Já o clássico entre Athletico Paranaense x Coritiba, exibido com exclusividade para todo o Brasil em todas as mídias, chegou com 2,06 pontos de Ibope no dia 12 de setembro. Por fim, o pódio é completado por Bahia x Palmeiras, no dia 28 de agosto, com 1,91 ponto de audiência.

O índice é consolidado do mercado nacional, o chamado PNT, que compreende a média das 15 principais metrópoles do país. Mesmo com o bom resultado de audiência, a Turner ainda busca mais patrocinadores. Hoje, são apenas duas marcas fechadas: Bradesco e Sportingbet.TV. São pelo menos mais três cotas que podem ser vendidas para o mercado publicitário. Existe um otimismo grande que essas cotas sejam fechadas no mês de outubro.

Mesmo com o bom resultado, a Turner ainda observa a questão com a Globo e a MP do Mandante. A briga está em tempos mornos e acalmados.

A Turner entende que, no momento, já fez o que lhe estava previsto. Mas a programadora americana dá seu jeito. O principal deles é apoiar o movimento Futebol Mais Livre, que em todo jogo é explicado pela TNT em suas transmissões. O movimento pede a aprovação da MP do Mandante como lei.

Criado no início deste mês, a Turner tem promovido até entrevistas com presidentes de clubes para falar sobre o movimento e a MP do Mandante. No jogo entre Fortaleza x Internacional, por exemplo, o presidente do clube cearense Marcelo Paz falou por três minutos sobre o movimento e a importância da aprovação da lei.

A Turner tem contrato fixo com os clubes pelo Brasileirão em 2024. No entanto, na renegociação contratual fechada em agosto deste ano, a emissora poderá deixar o Brasileirão em 2022, devolvendo aos clubes os direitos de transmissão para renegociar sem que a empresa pague multa para eles.

UOL Esporte vê TV