PUBLICIDADE
Topo

Libertadores - 2020

Primeira semana de PPV da Conmebol limita jogos e tem 'confusão' em sinais

Tchê Tchê disputa bola com Paul Zunino durante LDU x São Paulo pela Copa Libertadores - José Jácome-Pool/Getty Images
Tchê Tchê disputa bola com Paul Zunino durante LDU x São Paulo pela Copa Libertadores Imagem: José Jácome-Pool/Getty Images

Gabriel Vaquer

Colaboração para o UOL, em Aracaju

22/09/2020 23h48

O torcedor que queria assistir ao jogo entre LDU e São Paulo nesta terça-feira (22) teve problemas por causa do pay-per-view da Conmebol, a Conmebol TV, que exibiu o confronto com exclusividade no Brasil. O serviço estava disponível apenas para as duas maiores operadoras de TV por assinatura do Brasil - Claro/Net e Sky.

Na Sky, a operadora liberou o sinal até os dez minutos do primeiro tempo. Depois, o jogo ficou restrito a quem já havia pagado R$ 39,90 e comprado o pacote. Mas quem tentou assinar na hora do jogo sofreu com a lentidão do serviço. Houve também uma bagunça na liberação do sinal para assinantes da Claro/Net. Em alguns lugares, foi possível ver o jogo. Em outras capitais, só com assinatura.

O pacote de partidas da Conmebol TV contempla 27 jogos apenas nesta primeira fase, envolvendo jogos entre São Paulo, Grêmio, Athletico Paranaense e algumas outras partida de acesso na TV aberta, como a partida entre Internacional e Grêmio, que vai ocorrer nesta quarta (23). LDU x São Paulo foi o primeiro confronto fechado, já que na semana passada, o sinal foi liberado para todos. Essas partidas eram até pouco tempo do Grupo Globo, que os exibia no Sportv, antes de rescindir o contrato pelos direitos da Libertadores na Conmebol.

Quem tem Claro/NET e mora em cidades como São Paulo, Brasília, Maceió e Manaus conseguiu ver o jogo no canal 711 no primeiro tempo, normalmente. No segundo tempo, esse sinal foi cortado, fato que irritou ainda mais o torcedor tricolor, que já via o time perder por 3 a 0 nessa altura dos acontecimentos.

Em outras capitais, como Salvador e Recife, torcedores conseguiam assistir através do mosaico no canal 714, que surpreendentemente estava aberto e disponível. Em outros lugares, como Goiânia e Curitiba, tudo fechado, sem nenhum tipo de imagem para quem queria acompanhar o jogo.

A bagunça confundiu a cabeça do torcedor, que teve de ficar atento nas redes sociais para tentar alguma orientação mais clara de como poderia ver o jogo.

Outro ponto negativo foi a falta de disponibilidade para reprodução em dispositivos. Ou seja, não havia a possibilidade de jogar o sinal do celular para uma smart TV, por exemplo. Mas isto era apenas para quem já tinha o pacote. Ao tentar comprar na última hora, assinantes da Sky relataram lentidão e demora no processamento. Os privilegiados que já podiam assistir ao jogo na segunda maior operadora do Brasil reclamaram de travamento na imagem, principalmente na Grande São Paulo.

Na Claro/Net, quem tentava comprar pelo decodificador recebia uma aviso de que não era possível concluir a solicitação. "Se o problema persistir, acesse o Minha Claro para suporte online", dizia trecho da notificação. Assinantes da Vivo TV e Oi TV nem tinham como reclamar: a Conmebol TV não estava disponível para esses clientes, cerca de 3 milhões em todo o país.

A Conmebol TV é um acordo entre Claro, Sky e Band. A entidade sul-americana, além da Libertadores da América, cedeu os direitos da Copa Sul-Americana. Claro/Net e Sky carregam o serviço com exclusividade no Brasil. Já a Band cuida da operação da emissora e escala seu pessoal para transmissão.

O jogo do São Paulo nesta terça foi narrado pelo experiente Oliveira Andrade, hoje o narrador número 1 de futebol do Grupo Bandeirantes. Os comentários foram de Fábio Piperno, comentarista do BandSports.

Claro alega problema técnico por bagunça na Conmebol TV

Em contato feito pelo UOL Esporte, a Claro/Net esclareceu os problemas. A operadora afirmou que houve problemas técnicos na noite de hoje e que, por isso, pessoas da Grande São Paulo e algumas outras localidades tiveram acesso ao jogo do Tricolor contra a LDU. A pane já foi solucionada e agora, apenas assinantes terão acesso aos jogos daqui para frente.

"A Claro informa que, na noite desta terça-feira (22), por questões técnicas já solucionadas, alguns clientes da Grande São Paulo tiveram sinal aberto para os canais da Conmebol TV. A operadora informa ainda que os canais estão disponíveis apenas para os assinantes do pacote", disse a empresa no comunicado enviado à reportagem.