PUBLICIDADE
Topo

Máscara esportiva de R$ 149,90 se esgota em menos de um dia no Brasil

Bruno Doro

Do UOL, em São Paulo

21/09/2020 21h06

Uma máscara de R$ 149,90 se esgotou em poucas horas no primeiro dia de vendas no Brasil. O produto, da Under Armour, foi desenvolvido especialmente para a prática esportiva e conta com materiais inteligentes usados pela marca norte-americana em outros produtos de sua linha.

A UA Sportsmask é reutilizável e resistente à água e foi projetada para "oferecer leveza e respirabilidade para o atleta no mais alto nível de performance". A ideia surgiu no início da pandemia, quando a empresa doou máscaras comuns, que foram usadas como EPIs (equipamentos de proteção individuais) nos EUA.

Especialistas da empresa olharam para o material que seria doado e perceberam que, para serem usadas por atletas de alta performance, teriam de sofrer adaptações. Foram usadas três camadas de tecido, cada uma com função específica.

A camada externa é formada pelo tecido "Spacer" e possuí bolsas de ar que criam uma estrutura para que possa ficar fora de contato a boca e o nariz. O recheio tem a tecnologia Open-Cell-Foam, que permite a passagem de ar, mas dificulta a passagem de umidade e suor. A interna é formada pelo tecido exclusivo da marca chamado UA Isso Chill, que esfria no contato com a pele e recebe tratamento antimicrobiano.

O produto começou a ser vendido no início desta segunda-feira exclusivamente na loja virtual da empresa (www.underarmour.com.br) e em poucas horas o primeiro se esgotou. A Under Armour trará mais unidades do produto para comercialização no país em novembro.

Os norte-americanos não são as únicas empresas esportivas que criaram máscaras para o período da pandemia. Adidas (com algumas versões já esgotadas) e Reebok oferecem máscaras em seu portfólio de produtos para o Brasil. A brasileira Penalty vai lançar, amanhã (22), uma linha de máscaras também pensadas para a práticas de esportes.