PUBLICIDADE
Topo

UOL Esporte vê TV

DAZN terá mais programas on demand e aposta em poder da Série C no Brasil

Gabriel Vaquer

Colaboração para o UOL, em Aracaju

09/08/2020 04h00

Mesmo em um momento difícil, onde perdeu quatro direitos relevantes nas últimas semanas - Italiano, Francês, Recopa e Copa Sul-Americana -, o DAZN está tentando tocar a vida. A empresa de streaming decidiu mudar um pouco seu foco de investimentos e vai apostar no poder da Série C do Campeonato Brasileiro para atrair assinantes.

Segundo apurou o UOL Esporte, por uma ordem global, a empresa vai passar a produzir mais os chamados conteúdos over the top (OTT), onde o usurário assiste conteúdos premium sob demanda diretamente. O ajuste no modelo de negócio é para que o DAZN deixe de ser tão dependente de eventos ao vivo.

O fato foi notado durante a pandemia do novo coronavírus, onde a plataforma perdeu um considerável número de assinantes em todo mundo. Os investimentos em eventos vão continuar, até para recuperar mais rapidamente esses números, mas outros conteúdos serão mais priorizados do que eram antes.

Para fechar essa estratégia, o DAZN mudou seu comando global e quer recuperar, o mais rapidamente possível, a marca de 8 milhões de assinantes, seu número global antes do covid-19. No Brasil, quem vai ter um papel fundamental de imediato será a Série C do Brasileiro, que começa neste fim de semana.

Por rodada, o DAZN vai exibir em sua plataforma quatro jogos na primeira fase. Um vídeo com a narração da cantora Elba Ramalho para explicar a importância da Série C foi divulgado para ajudar os torcedores e chamar a atenção do público para o evento. No ano passado, a Série C trouxe muitos assinantes para o DAZN e a plataforma espera um novo bom resultado.

Por causa deste reposicionamento DAZN e a Band acabaram, na última hora, desistindo de um acordo para transmissão do evento em TV aberta para o Norte e Nordeste. Com isso, a plataforma fechou um acordo com o MyCujoo, outro site de streaming, para que outros jogos que não serão feitos pelo DAZN sejam mostrados por lá. Cada partida custará R$ 5 para ser assistida no MyCujoo. Vale ressaltar que o Londrina conseguiu liminar na Justiça do Paraná e promete brigar com CBF e DAZN para exibir seus jogos no Youtube.

Além da Série C, o DAZN continuará com a Premier League, além dos campeonatos Mexicano, Turco, e a Copa da Inglaterra. Por causa da desistência da Sul-Americana, a plataforma economizou quase meio bilhão de reais pelo contrato, que iria até o fim de 2022.

UOL Esporte vê TV