PUBLICIDADE
Topo

UOL Esporte vê TV

Fla buscou SBT por pressão de patrocinadores; Flu negou ofertas por Globo

Gabigol, atacante do Flamengo, durante final da Taça Rio contra o Fluminense - divulgação/Flamengo
Gabigol, atacante do Flamengo, durante final da Taça Rio contra o Fluminense Imagem: divulgação/Flamengo

Gabriel Vaquer

Colaboração para o UOL, em Aracaju

11/07/2020 12h36

O acordo fechado pelo SBT para o jogo final do Campeonato Carioca entre Flamengo e Fluminense na próxima quarta-feira (15) não foi fechado de última hora. A emissora de Silvio Santos discutia há uma semana a transmissão de partidas do Flamengo no Estadual. O Rubro-Negro foi quem fez o grande esforço principalmente a partir da última quinta-feira (9) - quando a equipe foi superada na final da Taça Rio para o Fluminense e perdeu a chance de conquistar o título antecipadamente.

Segundo apurou a reportagem do UOL Esporte, o Flamengo aproveitou que já se tinha uma ideia e um contato no SBT e reafirmou que gostaria que a emissora de Silvio Santos exibisse a partida em que tem mando de campo. Com a procura do clube, as negociações se tornaram mais firmes.

A procura do Rubro-Negro foi fruto de pressão dos patrocinadores do clube, que pediram que a diretoria carioca buscasse uma forma de exibir a final do Estadual na TV aberta para aumentar a exposição de suas marcas. Mesmo com os recordes das transmissões na web, patrocinadores argumentaram que o alcance ainda é bastante baixo em comparação com o que uma TV nacional pode conseguir.

Nessa rodada de negociações, o Flamengo descartou a Record porque, quando tentou a transmissão de Flamengo x Boavista pela Taça Rio semanas atrás, obteve a informação que a emissora ligada a Edir Macedo não queria investir em esporte no momento. O SBT entrou na parada no dia 3 de julho, em duas histórias distintas. Procurado por intermediários da Loterj, o departamento comercial do SBT no Rio de Janeiro recebeu uma proposta para a exibição de Flamengo x Volta Redonda pela semifinal da Taça Rio. A emissora demonstrou interesse na ocasião, mas o tempo curto para mudar a programação e angariar anunciantes pesou contra. Procurado pela reportagem, o presidente da Loterj, Ivan Fogli Gerstner negou que a empresa tenha procurado o SBT na ocasião.

Com a final do Carioca decidida e com mais tempo, a ideia de exibição em TV aberta foi retomada pelo Flamengo e obteve um final feliz. A reportagem apurou que o SBT não deverá pagar um valor fixo para a transmissão ao Flamengo, mas dividir lucros dos anunciantes que se interessarem na partida, marcada para quarta (15), às 21h30.

O jogo de ida, marcado para amanhã (12) seguirá apenas na FluTV, canal oficial no YouTube do Fluminense. O Tricolor das Laranjeiras optou por não negociar os direitos de transmissão de suas partidas no Carioca deste ano por entender que, mesmo rescindindo o contrato, a partida na teoria seria da Globo, já que o clube tinha vínculo com ela para o Estadual desse ano. A RedeTV!, que procurou a direção tricolor para a transmissão da final da Taça Rio na última quarta (8), ouviu esta justificativa.

SBT corre para montar equipe de transmissão até quarta

A corrida do SBT agora é para tentar montar uma equipe de transmissão interessante para realizar a partida. O nome do narrador Téo José foi o primeiro falado, mas não deve ser confirmado. Contratado do Fox Sports, ele precisaria de uma liberação da Disney para realizar o clássico. A empresa americana deve vetar.

Para a reportagem e apresentação da jornada esportiva, estuda-se dar oportunidade ao time da emissora no Rio de Janeiro, que cobre mais de perto o dia a dia do Flamengo. O SBT tem um programa diário sobre esporte no horário do almoço, que tem boa audiência e repercussão nas redes sociais.

O jogo deverá ser exibido para todo o país. Mesmo com o SBT informando as suas afiliadas que o Fla-Flu seria mostrado para "boa parte da rede", o UOL Esporte apurou que o acordo prevê exibição em toda a rede, incluindo São Paulo, estado que não costuma assistir ao Campeonato Carioca.

Vale lembrar, no entanto, que na campanha avassaladora da Libertadores e do Brasileirão de 2019, o Flamengo teve jogos seus exibidos pela Globo também para a capital paulista, com boa audiência. A final da Libertadores contra o River Plate, por exemplo, marcou 41 pontos de pico no Ibope da Grande São Paulo, algo impressionante para um clube carioca.

UOL Esporte vê TV