PUBLICIDADE
Topo

Sem Globo, como será a transmissão de Flamengo x Boavista nas redes sociais

Reprodução
Imagem: Reprodução

Gabriel Vaquer

Colaboração para o UOL, em Aracaju

01/07/2020 00h01

Nesta quarta-feira (1), o Flamengo vai transmitir pela primeira vez um jogo com exclusividade em seu canal oficial, a Fla TV. A partida será contra o Boavista, às 21h30 (de Brasília), no Maracanã, válida pela última rodada da fase de grupos da Taça Rio, o segundo turno do Campeonato Carioca. A transmissão só foi possível por causa da Medida Provisória 984, assinada pelo presidente Jair Bolsonaro, que dá ao time mandante o direito de veiculação. O clube fez alto investimento e terá produção profissional para o evento.

O jogo só não será transmitido se uma reviravolta na Justiça ocorrer ao longo desta quarta-feira. A Globo tentou liminar alegando que a nova MP não vale para contratos celebrados com a lei antiga, como é o caso do Campeonato Carioca. A Justiça do Rio de Janeiro negou o pedido em primeira instância, mas a emissora recorreu e agora corre contra o tempo para tentar impedir a transmissão.

A reportagem do UOL Esporte apurou que o Flamengo contratou a empresa PlayRec Produções, que também faz transmissões de jogos para a Globo no Premiere. A produtora oferecerá infraestrutura de nove câmeras para o Rubro-Negro. Com mais três ou quatro usadas habitualmente pelo clube, a partida terá entre 12 e 13 câmeras captando tudo em campo.

Por questões de custos, a transmissão do Flamengo não terá nenhuma grua, a câmera que capta imagens que ficam atrás dos dois gols. A unidade móvel alugada pelo clube que fará a transmissão já está no Maracanã e vai transmitir a partida em alta definição. Um drone também será usado para registrar imagens aéreas do confronto no Maracanã.

Mesmo com o tom profissional, o Flamengo pretende fazer uma transmissão mais intimista e próxima de seu torcedor. Para isso, apostará em uma produção mais boleira e com o time que já é conhecido de vídeos da Fla TV, além de convidados especiais. O principal será Raul Plassmann, ex-goleiro do Flamengo entre 1978 e 1983, e que foi comentarista da Globo por muitos anos.

O ex-goleiro será comentarista convidado e fará o jogo juntamente com o narrador Emerson Santos. Outros comentários também serão feitos por Alexandre Tavares, nome também conhecido da Fla TV. As reportagens de campo serão realizadas por Luana Trindade. João Mércio e Julie Santos vão comandar o pré e pós-jogos.

O Flamengo evita projetar abertamente uma meta de audiência, mas a expectativa é que ultrapasse com facilidade da casa de 1 milhão de visualizações simultâneas no YouTube enquanto a bola rolar, número considerado interessante para uma transmissão na internet.

Só para efeito de comparação, o jogo entre Internacional e Grêmio pela Libertadores da América, e exibido pelo Facebook antes da pandemia do novo coronavírus no dia 12 de março, atingiu pico de 2 milhões e 100 mil espectadores. O Flamengo aposta no poder da Fla TV nas redes sociais para angariar bastante público, mesmo entre aqueles espectadores que não torçam para o Rubro-Negro.

UOL Esporte vê TV