PUBLICIDADE
Topo

Por que título do Palmeiras de 51 não passa na TV e como ver estas imagens

Capa de A Gazeta Esportiva que noticia o título de 1951 do Palmeiras - Reprodução
Capa de A Gazeta Esportiva que noticia o título de 1951 do Palmeiras Imagem: Reprodução

Gabriel Vaquer

Colaboração para o UOL, em Aracaju

29/05/2020 04h00

Considerado um Mundial de Clubes pelo Palmeiras, a Copa Rio de 1951 é alvo de discussão entre torcedores dos grandes de São Paulo. Mesmo com o debate, a final contra a Juventus, que deu o título ao clube paulista, não é opção para emissoras brasileiras em meio às reprises de partidas históricas. O motivo para isso é ao mesmo tempo simples e complexo.

Em 22 de julho de 1951, data em que a partida decisiva foi disputava no Maracanã (RJ), a televisão brasileira ainda engatinhava. Fundada em São Paulo em 19 de setembro de 1950, a pioneira TV Tupi se resumia apenas à produção local para paulistas, ao vivo - na época, não existiam videoteipes.

Em janeiro de 1951, surge a TV Tupi do Rio de Janeiro, mas ela é independente da Tupi Paulista - ou seja, as duas não compartilhavam equipamento, pessoal e imagens. Além disso, com as limitações tecnológicas da época, todas as operações se concentravam em estúdios. Filmagens externas raramente eram feitas.

Para se ter uma ideia da limitação técnica naqueles tempos, o primeiro jogo de futebol exibido ao vivo na TV foi em 18 de setembro de 1955, quando o Santos venceu o Palmeiras por 3 a 1 pelo Campeonato Paulista, na Vila Belmiro, no aniversário de cinco anos da televisão no Brasil.

O jogo foi transmitido pela Record, somente para a capital paulista, com apenas uma câmera seguindo a bola e sem nenhum pacote gráfico, em uma operação quase de guerra.

Assim, poucos registros em vídeo foram feitos na época da Copa Rio de 1951. O mais importante deles foi descoberto pelo historiador Vitorio Girardo por meio do ArquivoLuce.Com e do Instituto Luce, empresa criada em 1924 durante a ditadura fascista na Itália que produzia filmes sobre vários temas envolvendo o país europeu.

No Brasil acompanhando a Juventus, a Luce filmou parte do jogo e a entrega da taça para o Palmeiras. Essas imagens foram descobertas em 2018 e foram exibidas pela TV Cultura. Pouco depois, o canal oficial do Palmeiras disponibilizou esse material em seu canal no Youtube, adicionando imagens da época.

Procurado pelo UOL Esporte, o Palmeiras afirmou que todo o arquivo da Copa Rio de 1951 disponível no Brasil está concentrado em uma sessão do seu site oficial chamada de "No Topo do Mundo". Lá também existem arquivos de jornais e manchetes para o torcedor palmeirense que queira entender a conquista considerada pelo clube um título mundial.

Siga o UOL Esporte no

Palmeiras