PUBLICIDADE
Topo

UOL Esporte vê TV

Covid-19 faz Band perder medição de audiência e revolta equipe de esporte

Renata Fan durante o Jogo Aberto - Reprodução/Bandeirantes
Renata Fan durante o Jogo Aberto Imagem: Reprodução/Bandeirantes

Gabriel Vaquer

Colaboração para o UOL, em Aracaju

07/05/2020 13h52

A pandemia da Covid-19, que afeta financeiramente as emissoras brasileiras, fez a Band suspender o pagamento mensal ao Kantar Ibope, empresa que mede a audiência da TV no país. Com isso, funcionários do canal perderam acesso aos dados de medição em tempo real, usados principalmente em programas ao vivo, e deixaram de receber relatórios diários dos números. O fato revoltou especialmente o departamento de esporte.

A reportagem do UOL Esporte apurou que a emissora tenta renegociar este contrato com o Kantar Ibope para que o valor pago seja reduzido ou quitado com o fim da crise gerada pela pandemia.

A falta de medição de audiência minuto a minuto foi sentida principalmente no programa "Jogo Aberto", apresentado por Renata Fan. A atração depende muito do tempo real para se guiar nos assuntos que discute, esticando uma pauta quando a audiência começa a subir, por exemplo.

Outro programa que também depende desta estratégia é o "Os Donos da Bola", de Neto. Nos bastidores, todos entendem a situação difícil da emissora, mas a lamentação ainda é grande, porque as atrações esportivas não passavam por uma grande fase em termos de audiência devido à suspensão de competições.

Desde o início da pandemia, os programas de Renata Fan e Neto marcam cerca de 2 pontos de audiência na Grande São Paulo. O número é metade do que as atrações costumavam obter durante os estaduais.

Fora do esporte, a falta de medição em tempo real foi alvo de muitas reclamações também nos bastidores do programa "Brasil Urgente", de José Luiz Datena. Principal fonte de audiência diária da casa, a atração se guia bastante pelo minuto a minuto para saber o que entregar ao espectador. Não se tem previsão de quando a Band voltará a ter acesso aos números.

Procurada oficialmente pelo UOL Esporte, a Band enviou comunicado dizendo que, assim como todas as empresas do Brasil, busca uma renegociação de seus contratos com parceiros.

"Por conta da crise econômica causada pela pandemia do novo coronavírus, que vem afetando todas as empresas, a Band - no esforço de atender seus colaboradores, fornecedores, parceiros, clientes, telespectadores, ouvintes e a comunidade em geral -, está como todas as empresas, de todos os seguimentos, buscando renegociar as condições de seus contratos", afirma a Band.

Band: Todas as dívidas do Corinthians vieram através do Andrés, diz Neto

Band Esportes

UOL Esporte vê TV