PUBLICIDADE
Topo

Primeiro-ministro do Japão muda discurso e diz: adiar Olimpíada é uma opção

Anéis Olímpicos em Tóquio - Alessandro Di Ciommo/NurPhoto via Getty Images
Anéis Olímpicos em Tóquio Imagem: Alessandro Di Ciommo/NurPhoto via Getty Images

Do UOL, em São Paulo

22/03/2020 22h23

O primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, abandonou o discurso que fez até a semana passada e, hoje, pela primeira vez, tratou o adiamento dos Jogos Olímpicos de Tóquio como uma opção que precisa ser considerada.

"Eu quero receber as Olimpíadas e Paraolimpíadas completamente, como prova de que o mundo superou o vírus mas, neste momento, ele ainda afeta severamente a comunidade internacional. Mas, se for difícil fazer isso, temos de pensar primeiro nos atletas e tomar uma decisão sobre adiar ou não o evento", afirmou o primeiro-ministro nas primeiras horas.

Até a terça-feira passada, dia 17 de março, Shinzo Abe ainda falava nas Olimpíadas de Tóquio como uma certeza para 2020. Porém, o avanço do novo coronavírus no mundo todo o obrigou a mudar a abordagem. O Comitê Olímpico Internacional (COI) também admitiu a possibilidade de um adiamento, mas descartou a ideia de cancelar o evento.

Olimpíadas