PUBLICIDADE
Topo

Com esporte reduzido, Globo remaneja jornalistas para cobertura de pandemia

Galvão Bueno posa para foto; narrador está entre os liberados pela Globo em meio à pandemia - Divulgação/TV Globo
Galvão Bueno posa para foto; narrador está entre os liberados pela Globo em meio à pandemia Imagem: Divulgação/TV Globo

Gabriel Vaquer

Colaboração para o UOL, de Aracaju

17/03/2020 08h45

Por meio de grande comunicado interno emitido no fim da noite de ontem (16), a diretoria de esporte da Globo informou aos seus funcionários as medidas que o departamento tomará com a redução e suspensão dos eventos forçada pelo coronavírus. Profissionais da área serão transferidos temporariamente para o jornalismo, para reforçarem a cobertura da pandemia.

O UOL Esporte teve acesso ao comunicado assinado por Renato Ribeiro, diretor responsável pelo esporte da Globo. Ele informa que o Globo Esporte terá apenas cinco minutos atualizando as informações dentro dos jornais locais, que terão seu tempo aumentado com a suspensão da atração da programação.

No próximo fim de semana, o Esporte Espetacular, costumeiramente exibido nas manhãs de domingo, será mantido no ar, mas com chance de ser suspenso a partir de então. A decisão será tomada dependendo do avanço da pandemia no Brasil e da possível necessidade de reforçar a equipe de jornalismo.

A partir de hoje, o esporte vai ceder ao todo 40 profissionais de São Paulo e Rio de Janeiro para o Jornalismo geral. Serão repórteres, editores de texto e produtores técnicos, entre outros cargos, que vão passar a trabalhar com foco na pandemia.

Chefes de departamento também irão ajudar na cobertura. Este número pode aumentar dependendo da necessidade do Jornalismo nos próximos dias.

E executivo também afirmou que os profissionais com mais de 60 anos e que fazem parte do grupo de risco, como diabéticos, já estão em casa e não precisam mais trabalhar, ficando de quarentena e resguardados até a diminuição da pandemia no Brasil. O narrador Galvão Bueno, que tem 69 anos, e o jornalista Léo Batista, de 87, estão liberados até segunda ordem.

Também foi determinada a suspensão total de viagens nacionais e internacionais da equipe de esporte da Globo. Profissionais só serão deslocados em caso emergencial comprovado. O departamento também determinou o home office nas áreas em que isso é possível, para impedir o fluxo de pessoas na redação.

Vale ressaltar que, no lugar do futebol nas noites de quarta e nas tardes de domingo, a Globo vai exibir filmes. Amanhã (18), por exemplo, a faixa Cinema Especial vai ocupar o horário anteriormente previsto para a Libertadores. O longa exibido será Minha Vida em Marte, com Monica Martelli e Paulo Gustavo.

Band: Pesquisas de vacina contra o coronavírus avançam no mundo

Band Notí­cias

UOL Esporte vê TV