PUBLICIDADE
Topo

Basquete

Grafites com Kobe Bryant se espalham por Los Angeles e reúnem fãs do astro

Grafite com Kobe Bryant e a filha Gianna, em mural feito em Los Angeles - Fernanda Ezabella/UOL
Grafite com Kobe Bryant e a filha Gianna, em mural feito em Los Angeles Imagem: Fernanda Ezabella/UOL

Fernanda Ezabella

Colaboração para o UOL, de Los Angeles (EUA)

30/01/2020 13h56

Conhecida por seus grafites ilegais e enormes murais coloridos, Los Angeles não deixou passar em branco a tragédia com um de seus heróis. O ex-jogador de basquete Kobe Bryant surgiu em diversos muros da cidade desde domingo (26), quando morreu num acidente de helicóptero com outras oito pessoas, incluindo sua filha Gianna, 13.

O mural mais recente, finalizado ontem, traz Bryant abraçado com sua filha e envolto num halo de luz amarelo. O artista responsável, que pede para ser identificado apenas como Bandit, contou ao UOL Esporte que se sentiu inspirado em desenhar a dupla porque ele também tem uma filha, de 18 meses.

"Era importante para mim capturar um momento íntimo entre os dois", disse. "Ainda não praticamos esportes, mas ela gosta muito de brincar com minhas canetas."

Em seu Instagram, Bandit escreveu que o processo foi diferente de tudo que já fez nos seus dez anos pintando as ruas de Los Angeles. "O tempo todo vi pessoas se aproximando com lágrimas nos olhos, se oferecendo para me ajudar, trazendo água, comida, suprimentos", disse. "É trágico o que aconteceu com Kobe, mas o que se passou na cidade na sequência foi eletrizante. Nunca vi tantos sentimento de união e respeito na comunidade."

Grafites em homenagem a Kobe Bryant surgem em vários pontos de Los Angeles

O mural foi feito com autorização num estacionamento e fica na Melrose Avenue, uma rua repleta de lojas de roupas moderninhas. Na região, podem ser encontrados ao menos três outros grafites em homenagem ao atleta. Um deles foi feito na época em que Bryant se aposentou do Lakers e virou ponto de encontro dos fãs logo após o anúncio da morte.

Ao redor do desenho, que traz Bryant de uniforme amarelo pronto para uma enterrada, estavam centenas de bilhetes coloridos grudados com mensagens. Além de velas e flores, os fãs deixaram também quatro pares de tênis de basquete, todos em bom estado, e duas bolas.

O segurança Margarito Rios, 29, tirava fotos e lia os bilhetes deixados. "Vim para demonstrar meu respeito por ele e para pensar na sua família e nos outros que morreram", disse. "Vou voltar mais tarde para deixar minha mensagem também."

Já a dona de casa Mica Jordan, 47, dirigiu por meia hora para ver um novo mural pintado na lateral do Pickford Market, a dez minutos do centro da cidade. Bryant aparece ao lado da filha, no desenho da artista Jules Muck, conhecida como Muck Rock.

Na quarta-feira, Muck fez um segundo grafite de Bryant na Sunset Boulevard, na loja de bebidas Pink Dot, que o atleta chegou a visitar com o apresentador de TV Jimmy Fallon. Ele aparece de uniforme e faz o sinal L.A. com as mãos.

"Espero que esses murais ajudem as pessoas a se encontrarem para compartilhar seu luto, seu amor e suas histórias", escreveu a artista em seu perfil no Instagram.

Do outro lado de Los Angeles, em Studio City, uma empresa de aluguel de carros de luxo contratou um artista no próprio domingo para pintar o rosto de Bryant na fachada de sua entrada. Na frente, os donos estacionaram um Porsche laranja e um Lamborghini verde limão.

"Nossa empresa é cool, e Kobe era cool, então achamos que tinha tudo a ver", disse um dos donos, o armênio Rod Stepanian, 18.

Basquete