PUBLICIDADE
Topo

Basquete

Paulo Coelho diz que desistirá de livro em parceria com Kobe após morte

Reprodução
Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

27/01/2020 11h28

O escritor brasileiro Paulo Coelho escreveu, em uma mensagem no Twitter, que desistirá de terminar o livro que escrevia em parceria com Kobe Bryant após a morte do ex-jogador, ontem, em acidente de helicóptero na Califórnia.

"Você era mais que um grande jogador, querido Kobe Bryant. Eu aprendi muito interagindo com você. Apagarei o rascunho agora, este livro perdeu seu motivo", escreveu.

Em 2018, o UOL Esporte contou que Paulo Coelho e Kobe Bryant conversavam sobre a possibilidade de uma parceria em um livro. Ele não adiantou qual assunto seria tratado na obra.

Na mesma mensagem de Twitter, Paulo Coelho compartilhou uma conversa entre ambos de 2019, na qual Kobe o convida a escrever um livro juntos. Em resposta, o escritor diz que sim.

Kobe Bryant era um grande admirador de Paulo Coelho, tanto que ele disse em entrevistas que "O "Alquimista" era o seu livro predileto.

Os dois mantinham contatos antes mesmo de iniciarem a parceria. Em 2016, Paulo Coelho escreveu em sua conta pessoal no Twitter que acabara de ter uma "conversa muito interessante com Kobe Bryant" no telefone e que seria possível saber mais a respeito em um futuro próximo. Também por meio da rede social, o então ex-jogador reforçou a fala.

Considerado um dos grandes jogadores da história da NBA, Kobe morreu ontem em um acidente de helicóptero em Calabasas, cidade da região metropolitana de Los Angeles, nos Estados Unidos. A aeronave tinha nove pessoas a bordo, incluindo o piloto, e todos morreram.

Local do acidente de Kobe Bryant

Basquete