PUBLICIDADE
Topo

Futebol


Neymar homenageia Kobe Bryant com número 24 após marcar pelo PSG

Do UOL, em São Paulo

26/01/2020 18h16

Neymar homenageou Kobe Bryant após fazer seu segundo gol pelo Paris Saint-Germain hoje, contra o Lille, pelo Campeonato Francês. O craque converteu uma cobrança de pênalti e, com as mãos, apontou para o céu e fez o número 24, que era usado pelo astro da NBA. O brasileiro já havia feito um golaço no primeiro tempo, mas não fez homenagem a Kobe na comemoração — ao que tudo indica, Neymar ainda não tinha sido avisado sobre a morte do ídolo. Ao voltar do intervalo, tudo mudou.

"É uma grande tristeza para o mundo do esporte e para nós, que somos fãs não só de basquete, por ele ter jogado, mas por tudo o que ele fez pelo esporte e pela pessoa que ele foi. No segundo gol, acabei sinalizando para ele, fiz o seu número. Que ele descanse em paz e esteja com Deus nesse momento".

PSG vence por 2 a 0

O brasileiro conduziu a vitória do PSG sobre o Lille por 2 a 0, fora de casa, pelo Campeonato Francês. O Lille, sétimo colocado, ainda teve um gol bem anulado por impedimento nos últimos minutos do jogo. O time de Paris já liderava o torneio antes desta rodada; com a vitória, o time parisiense chegou a 52 pontos e manteve a distância de 10 para o Olympique de Marselha, o segundo colocado.

O placar foi inaugurado com um golaço de Neymar. Aos 28 minutos do primeiro tempo, o brasileiro recebeu de Di María na entrada da área, dominou no peito, tabelou com Verratti e chutou com muita categoria, acertando o ângulo esquerdo do goleiro Maignan.

A comemoração foi a habitual, com os braços abertos, um soco no ar e caretas para a câmera de transmissão.

Aos seis minutos do segundo tempo, quando Mandava tocou a bola com a mão em dividida com Mbappé, o PSG ganhou uma cobrança de pênalti. Com a expressão fechada, Neymar se apresentou na área.

A conclusão não foi perfeita, já que Maignan chegou a encostar na bola e quase impediu que ela entrasse, mas Neymar marcou sem precisar de rebote e comemorou apontando as mãos para o céu; ao encontrar a câmera, mostrou com os dedos o número 24.

A partida do craque brasileiro não foi fácil. As vaias no Stade Pierre-Mauroy soaram com força logo aos dois minutos de jogo, quando Neymar levou uma pancada no pé esquerdo e foi ao chão, com dores. A torcida rival pegou no pé do atacante antes de saber que ele decidiria o confronto.

Futebol