PUBLICIDADE
Topo

Futebol Americano


Polícia faz cerco em casa de jogador da NFL após acusação de agressão

Antonio Brown em ação pelo New England Patriots contra o Miami Dolphins - Michael Reaves/Getty Images/AFP
Antonio Brown em ação pelo New England Patriots contra o Miami Dolphins Imagem: Michael Reaves/Getty Images/AFP

Do UOL, em São Paulo

21/01/2020 22h36

Envolvido em nova polêmica, o jogador de futebol americano Antonio Brown foi acusado de agressão e roubo pelo motorista de uma empresa de mudanças. Na tarde de hoje, o treinador de Brown, Glen Holt, foi detido pela polícia pelas mesmas acusações. O wide receiver não foi detido pois os agentes não conseguiram contatá-lo.

Segundo a ESPN, vizinhos de Brown, que vive em uma mansão em Hollywood, relataram que carros da polícia passaram o dia em frente à casa do jogador.

O caminhão de mudanças, do qual o condutor supostamente teria sido agredido pelo atleta, também estaria lá.

A agressão, segundo a emissora, teria sido na região. A polícia alega que, apesar de suspeito, Brown não pôde ser autuado ou preso pois as tentativas de contato com ele não deram certo.

De acordo com o TMZ Sports, os policiais tentaram convencê-lo a se entregar de forma pacífica.

Outras polêmicas

Ainda este mês, Brown já havia sido visitado pela polícia após uma briga com a ex-mulher também na porta de sua residência. Ele a acusou de tentar roubar seu carro no momento em que ela foi buscar os filhos do ex-casal; com a chegada da polícia, ele arremessou um saco de doces em forma de pênis em direção aos agentes.

Defendendo o Pittsburg Steelers, Antonio Brown se tornou um dos melhores wide receivers da NFL na última década. Em 2019, o jogador foi um dos principais reforços do Oakland Raiders para a atual temporada.

Envolto de polêmicas — incluindo acusações de assédio sexual, ainda investigadas pela NFL —, ele foi dispensado sem disputar um jogo sequer pelo novo time, seguindo para o New England Patriots, pelo qual também foi demitido precocemente, ainda em setembro. Desde então, Brown está desempregado e livre no mercado.

Futebol Americano