Topo

UOL Esporte vê TV


Mesmo fora da TV, Roby Porto celebra NBA no Brasil e prevê expansão

Roby Porto foi dispensado pelo SporTV na última semana - Arquivo Pessoal
Roby Porto foi dispensado pelo SporTV na última semana Imagem: Arquivo Pessoal

Beatriz Cesarini

Do UOL, em São Paulo

10/11/2019 04h00

Há pouco mais de uma semana longe da TV, Roby Porto está curtindo um período de férias nos Estados Unidos, mas logo voltará ao Brasil para focar em uma nova fase de sua carreira. Embora o contrato do narrador com o Grupo Globo não tenha sido renovado, ele está confiante com o crescimento da NBA no Brasil e vê muitas oportunidades para recomeçar.

"Exponencialmente. Acho que tem crescido cada vez mais. Está bem claro que o trabalho não só da ESPN, como do SporTV, é de muito profissionalismo e conhecimento. Acho que é um público muito específico. Um canal fechado de transmissão da NBA pode se dar o luxo de falar com esse público mais com mais profundidade. Temos pessoas muito boas fazendo NBA há muitos anos. Sempre foi uma coisa muito grande e agora está ficando cada vez mais evidente", destacou Roby em conversa com o UOL Esporte.

A atual temporada da NBA está sendo transmitida no Brasil por três canais de televisão: SporTV, ESPN e Band. Além disso, o principal campeonato de basquete do mundo também pode ser visto no YouTube com transmissão em português.

"Hoje temos muitas plataformas que te mostram o produto, e é um produto de uma qualidade, até visualmente, muito bonita, impressionante. A qualidade é absurdamente diferente do que estamos acostumados a ver. Isso cativa. Além da qualidade visual, temos a qualidade técnica", falou Roby.

"Agora tem passado em três emissoras diferentes na televisão. E tem algumas pela internet, em português. Acho que o caminho é esse, está crescendo muito e vai ficar cada vez mais natural ter um cardápio maior de emissoras transmitindo a NBA", acrescentou o narrador.

Narrador do SporTV há 14 anos, Roby Porto soube que não teria seu contrato renovado na última semana. Em entrevista ao UOL Esporte, o locutor se disse surpreso com a dispensa e crê que a ação é parte de uma reestruturação de empresa.

UOL Esporte vê TV