Topo

Esporte


Rafaela Silva se emociona ao falar de doping e diz que teme ser injustiçada

Rafaela Silva se emociona durante entrevista comentar caso de doping - Reprodução/TV Globo
Rafaela Silva se emociona durante entrevista comentar caso de doping Imagem: Reprodução/TV Globo

Do UOL, em São Paulo

22/09/2019 12h35Atualizada em 22/09/2019 12h49

A judoca Rafaela Silva concedeu entrevista ao programa "Esporte Espetacular" e falou sobre o caso de doping em que está envolvida. A atleta voltou a afirmar que acredita ter sido contaminada pela substância enquanto brincava com a filha de uma amiga e disse estar "bem confiante" na defesa de seu caso.

"Meus advogados têm as conversas, as imagens com as crianças da maneira que a gente acha que a substância chegou no meu corpo. Com isso, consigo deitar e colocar a cabeça no travesseiro tranquila", disse a atleta.

Rafaela afirmou que não se incomoda com as críticas que vem recebendo desde que o caso veio a público e que, quando os fatos forem elucidados, as pessoas passarão a acreditar em sua versão.

"Muita gente acha que é mentira, mas acho que, depois que for provada minha inocência, que colocarem as imagens nas redes sociais, nas matérias, o pessoal vai entender e parar de criticar um pouco", declarou Rafaela.

"É algo que procuro nem pensar muito, porque, depois que perdi a Olimpíada de Londres, foi algo que me afetou bastante. Perder uma Olimpíada sem ter a oportunidade de participar vai doer mais do que Londres", declarou a atleta, emocionada.

"Com certeza [magoa], como falei, pra tudo na vida, independente se o resultado é positivo ou negativo na frente, a gente fica satisfeito com a cabeça de saber que não consegui, mas tentei, mas ter a possibilidade de não conseguir realizar um sonho, que é uma nova medalha olímpica, machuca bastante. Se me tirarem essa chance, acho que vai ser muito injusto."

Por fim, a atleta disse esperar que o caso não manche o legado que construiu ao longo de sua carreira. "Eu só pensava nisso, que vai acabar com a minha história. Mas, como tenho convicção de poder provar minha inocência, da mesma maneira que as pessoas tentarem colocar o lado negativo acima do positivo, eu tenho muita força e garra pra dar a volta por cima e refazer meu nome novamente", concluiu a judoca.

Mais Esporte