Topo

Canadense joga o Pan com dedo quebrado por acidente com tijolo de obra

Michael Plantinga joga com o dedo quebrado no vôlei de praia - Jose Barragan / Lima 2019
Michael Plantinga joga com o dedo quebrado no vôlei de praia Imagem: Jose Barragan / Lima 2019

Do UOL, em São Paulo

26/07/2019 16h48

Às vésperas dos Jogos Pan-Americanos de Lima, o canadense Michael Plantinga fraturou o dedo mínimo da mão direita de uma forma inusitada, mas isso não foi o suficiente para deixá-lo fora da competição no vôlei de praia e chamou a atenção pela proteção com a qual tem jogado desde a última quarta-feira (24).

A lesão poderia ter ocorrido em algum treinamento prévio ao torneio, mas na verdade foi ede forma bem incomum. "Estava reformando o pátio da minha casa faz duas semanas quando um tijolo caiu e quebrou me dedinho da mão direita", lembra o canadense. Isso poderia ser um problema para Plantinga, já que uma de suas especialidades é o bloqueio.

Lesão aparte, Plantinga e seu companheiro Aaron Nusbaum buscam uma vaga entre os oito melhores neste sábado, quando começam os duelos entre segundos e terceiros de cada fase. Na última partida da dupla pelo grupo D, foram derrotados pelos primos chilenos Esteban e Marco Grimalt por 21-14 e 21-11. Foi a segunda derrota da dupla canadense que se classificou em terceiro lugar da chave com quatro pontos.

Na tarde deste sábado, às 12h40, a dupla canadense enfrentará os americanos Ian Satterfield e Mark Burik na busca por uma vaga nas quartas de final da competição. Em caso de vitória, Plantinga e Nusbaum voltarão a enfrentar os primos chilenos Grimalt.