PUBLICIDADE
Topo

Ricardo Gareca defende seleção feminina do Peru após críticas de ex-goleiro

Marcos Brindicci/Reuters
Imagem: Marcos Brindicci/Reuters

Do UOL, em São Paulo

25/07/2019 18h44

O técnico Ricardo Gareca, que comandou o Peru na campanha do vice da Copa América, saiu em defesa da seleção peruana feminina. O treinador mandou um recado para as jogadoras que disputarão os Jogos Pan-Americanos de Lima após as críticas do ex-goleiro e apresentador Paco Bazán.

"Todo o apoio para elas e que, diante de tudo isso, se concentrem em seu jogo. É inevitável que os outros opinem. O mais importante é o que elas pensam de si mesmas. Todo o apoio e o melhor para vocês. Espero que cumpram todas as expectativas que têm. Todo mundo vai estar torcendo", disse o técnico à agência peruana Andina.

A mensagem de Gareca acontece depois da polêmica envolvendo o ex-jogador Paco Bazán. Durante apresentação do ATV Notícias de terça-feira (23), o ex-atleta atacou as jogadoras da seleção feminina do Peru, que haviam feito um pedido para que os torcedores fossem prestigiá-las no jogo contra a Argentina, no próximo domingo (28). O apresentador disse que elas deviam parar de reclamar e se preocupar e vencer.

A declaração de Bazán não caiu bem. O apresentador recebeu diversas críticas nas redes sociais, inclusive de personalidades do esporte do país. Com a repercussão negativa, ele usou sua conta oficial no Twitter para se manifestar sobre a polêmica.

"Vou ser mais cuidadoso, a partir de agora não vou comentar sobre futebol feminino para evitar tanto desconforto", escreveu. "Peço desculpas se ataquei o esforço de todos os atletas para desenvolver sua modalidade", acrescentou.