PUBLICIDADE
Topo

Pan 2019

Maratonista peruano reclama de "abandono" na chegada à Vila Pan-Americana

Willy Canchanya reclamou da organização na chegada à Vila Pan-Americana - Reprodução
Willy Canchanya reclamou da organização na chegada à Vila Pan-Americana Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

25/07/2019 13h22

O maratonista peruano Willy Canchanya usou as redes sociais para fazer uma reclamação contra a organização dos Jogos Pan-Americanos de Lima. Na tarde de ontem (24), o atleta se queixou por ter sido "abandonado" na chegada à Vila Pan-Americana.

Em uma transmissão ao vivo no Facebook, ele alegou que não havia funcionários para recebê-los ou orientá-los no local. Mais: afirmou que os atletas não foram atendidos nem mesmo para que pudessem se alimentar. Canchanya estava acompanhado de Christhian Pacheco, que também faz parte da equipe peruana.

"Acabamos de chegar à vila e a verdade é que não há ninguém para cuidar de nós", disse Canchanya.

"Nosso Peru está organizando este evento e acho que deve ser um pouco mais cuidadoso. Estamos com frio, não almoçamos, e eles nos veem chegando com a mala. Espero que eles venham nos levar aonde possamos nos preparar para chegar em condições à maratona", acrescentou.

O Pan de Lima teve início na última quarta-feira e a maratona masculina será disputada no próximo sábado (27). A cerimônia de abertura está marcada para a noite de sexta-feira. (26).