PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Escaladores brasileiros estão desaparecidos na Argentina desde sexta

Leandro Iannotta, durante escalada na Argentina - Reprodução/Instagram Leandro Iannotta
Leandro Iannotta, durante escalada na Argentina Imagem: Reprodução/Instagram Leandro Iannotta

Do UOL, em São Paulo

22/01/2019 16h37

Dois escaladores brasileiros estão desaparecidos no Monte Fitz Roy, na Patagônia Argentina. Fabrício Amaral e Leandro Iannotta foram vistos pela última vez na última sexta-feira (18).

De acordo com o jornal Clarín, as más condições climáticas dificultam o trabalho de resgate, mas as equipes de segurança, formadas por socorristas do local e escaladores voluntários, ainda trabalham no local. Além dos brasileiros, um escalador tcheco estava desaparecido e foi encontrado morto.

Segundo a publicação, os brasileiros começaram a escalada na quarta-feira (16) e informaram na sede do Parque Nacional que retornariam no domingo (20). O último contato deles foi ao meio dia de sexta, antes que as condições climáticas pioraram.

Na última terça-feira, Iannotta publicou pela última vez em sua conta no Instagram. "A primeira investida foi incrível, caminhada longa por trilha, atravessar um glaciar até o 'Passo Superior' para depois escalarmos a Brecha dos Italianos, aprox. 250 metros de neve e rocha até a Silla. Foi difícil identificar a base da via Franco Argentina e, com o vento forte que vinha do Cerro Torre decidimos descer e esperar a próxima janela, aprendendo a cada dia e, enquanto isso, sigo pedindo ao Anjo da guarda escalador uma força", escreveu.

Esporte