PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Trump ataca Nike por ação com Kaepernick: "Terrível mensagem"

Reprodução/Twitter
Imagem: Reprodução/Twitter

Do UOL, em São Paulo

04/09/2018 22h57

O presidente norte-americano Donald Trump criticou, nesta terça-feira (4), a campanha da Nike que apoia o levante do lançador Colin Kaepernick na NFL. Repetindo o termo “terrível mensagem”, Trump criticou o simbolismo da propaganda e questionou os motivos para tal campanha.

“Penso que é uma terrível mensagem. Nike é uma locatária minha; eles pagam um monte de aluguel”, mudou de assunto, referindo-se a uma loja da marca que por enquanto fica em prédio de sua propriedade — mas está prestes a mudar de endereço. “Mas acho que é uma terrível mensagem que eles estão passando, e também o propósito que têm ao fazer isso. Talvez haja uma razão para eles fazerem, mas acho que, no que diz respeito a mensagem, é uma mensagem terrível e uma mensagem que não deveria ser enviada. Não há razão para isso”, entende o presidente dos EUA.

Trump trava batalha com a NFL desde 2016, quando Kaepernick deu início a uma série de protestos contra a violência da abordagem policial aos negros nos Estados Unidos. Seu gesto era ajoelhar durante o hino nacional, para “não mostrar orgulho por um país que oprime os negros”. A causa recebeu enorme suporte na liga de futebol americano, mas virou uma controvérsia envolvendo os donos dos times e torcedores.

Trump inflamou os ânimos ao entrar na discussão com pouco tato. Chegou a chamar os jogadores de “filhos da p…” durante um discurso e pediu a demissão dos envolvidos.

Na última segunda-feira, Kaepernick publicou em suas redes sociais a nova versão da campanha ‘Just Do It‘ da Nike. “Acredite em algo. Mesmo se isso significar sacrificar tudo”, diz o texto na imagem, em referência ao suposto boicote que o lançador sofre das equipes da NFL — sem jogar desde 2016, ele denuncia na Justiça um possível acordo entre os donos de franquias para não contratá-lo, para deixá-lo de escanteio.

Esporte