PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Mo Farah rompe com técnico investigado por suspeita de doping

O corredor Mo Farah durante a corrida dos 5000 metros no Mundial de Atletismo - Lucy Nicholson/Reuters
O corredor Mo Farah durante a corrida dos 5000 metros no Mundial de Atletismo Imagem: Lucy Nicholson/Reuters

Do UOL, em São Paulo

31/10/2017 13h54

O tetracampeão olímpico Mo Farah dispensou os trabalhos do técnico Alberto Salazar, com quem treinou antes das medalhas de ouro nos Jogos Olímpicos de Londres 2012 e do Rio de Janeiro em 2016.

Em um vídeo publicado no Twitter, atleta britânico falou nesta terça-feira (31) que deixará os Estados Unidos e voltará a treinar em Londres. “Sinto falta de casa”, disse Farah.

Nascido em Cuba, Salazar é americano está sob investigação da Agência Antidoping Americana (Usada) após denúncias de que ele teria usado drogas para melhorar a performance de atletas em sua base de treinos em Oregon, nos Estados Unidos. O local tem parceria da Nike, que é sediada no Estado do oeste americano.

Farah agradeceu a Salazar pelos anos de treinamento e revelou que seu novo técnico será Gary Lough, responsável por treinar a maratonista Paula Radcliffe, dona do recorde mundial da prova de longa distância.

No vídeo, Farah não fez nenhuma ligação entre as acusações de doping e a mudança de volta para o Reino Unido. Tanto ele quanto Salazar negam qualquer tipo de infração nos anos em que trabalharam juntos.

Esporte