PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Mais forte do Brasil negocia reality show para levar desafios com aviões e carretas à TV aberta

"Mais forte do Brasil" quer levar provas com carretas e até navios para a televisão - Alex Almeida/UOL
"Mais forte do Brasil" quer levar provas com carretas e até navios para a televisão Imagem: Alex Almeida/UOL

Bruno Freitas

Do UOL, em São Paulo

09/02/2012 06h00

Quatro vezes campeão do evento conhecido como "Homem mais forte do Brasil", o paulista Marcos Mohai negocia com emissoras de TV aberta a produção de um reality show que promoverá desafios de força com aviões, carretas, etc. O atleta tem participado de reuniões com partes interessadas, e expectativa é de que a atração esteja no ar já no segundo semestre deste ano.

Mohai diz ter em mãos um formato de programa que prevê desafios pesados para os competidores do strongman, modalidade que expõe seus atletas a testes extremos de força, resistência e agilidade. Entre as provas estão tarefas que envolvem aviões, carretas duplas e até navios. "Vamos fazer coisas impossíveis", diz o idealizador.

Como todo bom reality show, a ideia é também explorar as histórias pessoais dos atletas desta modalidade, com tradicionais relatos de superação de dificuldades de vida. Mesmo se tratando de gigantes da força, quem sabe o programa consiga arrancar algumas lágrimas de seus protagonistas, para honrar a natureza das atrações deste tipo.

Atleta do strongman, Marcos Mohai virou convidado recorrente em programas de entretenimento

Inicialmente, a meta é inserir o conceito do reality show em um quadro dentro de outro programa, como teste de recepção de público, para apenas depois partir para uma iniciativa "solo", com uma temporada inicial.

Antes de emplacar o show, o tetracampeão brasileiro tem sido figurinha carimbada em programas de entretenimento da TV aberta, levando algumas de suas façanhas de força para dentro dos estúdios. Nos últimos tempos, Mohai apareceu três vezes no Domingão do Faustão, sendo que em uma delas faturou o concurso de talentos conhecido como "Se vira nos 30". Nesta semana o atleta foi entrevistado por Danilo Gentili no "Agora é Tarde", da Bandeirantes [onde também tombou um carro], e nos próximos dias estará no "Hoje em Dia", da Record.

Paralelamente ao projeto de televisão, Marcos Mohai lança em junho um livro, assinado em parceria com Marília Coutinho, atleta do levantamento de peso e especialista em esportes de força. Na obra que virá acompanhado de um DVD, o "mais forte do Brasil" explicará fundamentos do strongman, da competição a métodos de treinamento.

BOLA DE 280 KG E CT: PERUÍBE QUER VIRAR CAPITAL DO STRONGMAN

Dentro de seu pacote de projetos de strongman, Marcos Mohai pretende transformar a cidade de Peruíbe em uma espécie de capital nacional desta novata modalidade, difundida no exterior já há algumas décadas.  O balneário no litoral sul de São Paulo recebeu em janeiro uma etapa do Campeonato Brasileiro. Agora, o atual tetracampeão da categoria absluto planeja mais duas ações.

O atleta local trabalha para instalar um centro de treinamento de strongman em Peruíbe, onde já trabalha com uma pequena equipe de praticantes da modalidade. Adicionalmente, Mohai pretende aquecer o turismo da cidade através de um desafio aberto a competidores de todo o planeta.

"Estamos agradecendo à cidade de Peruíbe, que vem sendo um berço do strongman. Como homenagem, construímos uma atlas stone [bola de concreto usadas em provas], que a gente apelidou de 'pedra negra'.  É uma espécie de bola cultural, de 280 kg, peso que nenhum atleta conseguiu erguer até hoje. Convidamos atletas do mundo inteiro para tentar levantar ela. Esperamos que isso vire um ponto de visitação, um patrimônio da cidade", afirma o tetracampeão do "Mais forte do Brasil".

Esporte