PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Fidel Castro elogia desempenho de Cuba no Pan, e critica transações milionárias no esporte

Fidel Castro diz que o povo cubano deve sempre buscar a superação - AP Photo/Granma
Fidel Castro diz que o povo cubano deve sempre buscar a superação Imagem: AP Photo/Granma

Das agências internacionais

Em Havana (Cuba)

31/10/2011 12h42

O ex-líder de Cuba, Fidel Castro, elogiou o desempenho de seu país nos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara-2011, que ficou em segundo no quadro geral de medalhas. Fidel disse a uma agência internacional de notícias, que o desempenho de seu país só não foi melhor por conta dos "vendedores ambulantes", que transformaram o esporte num negócio muito rentável, e "deixam de lado os ideais e propósitos dos Jogos Olímpicos".

Amante declarado de esportes, com uma preferência pelo beisebol e o basquete, Castro falou à imprensa cubana sobre as similaridades entre os ideias do esporte em Cuba e os ideais olímpicos: "É justamente por esses princípios aplicados em décadas de esporte, que nosso povo se orgulha de seus atletas conquistarem medalhas em competições internacionais", disse ele.

Ele acrescentou que "os valores pagos hoje em dia tem superado os sonhos do criador dos jogos olímpicos. Atletas da África e América do Sul são comprados e negociados por empresas internacionais".

Fidel continuou e afirmou que Cuba "vem sendo obrigada a enfrentar esses 'comerciantes do esporte', que oferecem valores astronômicos aos atletas, e acabam privando o povo cubano da convivência com seus ídolos. São atos grosseiros de pirataria", esbravejou Castro.

O ex-presidente finalizou dizendo que: "Mesmo com as vitórias, que orgulham o povo cubano, devemo seguir sempre buscando superar-nos".

Esporte