PUBLICIDADE
Topo

Tênis

Nadal vai à final de Roland Garros sem perder um set e encara Djokovic

Rafael Nadal durante semifinal de Roland Garros contra o argentino Diego Schwartzman - Clive Brunskill/Getty Images
Rafael Nadal durante semifinal de Roland Garros contra o argentino Diego Schwartzman Imagem: Clive Brunskill/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

09/10/2020 13h13Atualizada em 09/10/2020 18h04

Rafael Nadal está, pela 13ª vez, em uma final de Roland Garros no simples masculino. Na manhã de hoje, o espanhol venceu sem maiores dificuldades o argentino Diego Schwartzman (parciais de 6-3, 6-3 e 7-6) e vai defender o título do torneio.

A 99ª vitória do tenista na história da competição teve algum susto apenas no terceiro set, em que o argentino se recuperou, evitou um 6-3 e forçou um tie break, mas não manteve o ritmo e acabou superado.

Em sua trajetória na atual edição de Roland Garros, Nadal não perdeu um set sequer: foram seis vitórias por 3 sets a 0 sobre Gerasimov, Mackenzie McDonald, Travaglia, Korda e Jannik Sinner, além de Schwartzman.

O adversário do tenista será Novak Djokovic, que bateu na outra semifinal o grego Stefanos Tsitsipas por 3 sets a 2 (parciais de 6-3, 6-2, 5-7, 4-6 e 6-1). A final da competição está prevista para acontecer neste domingo (11).

Maior campeão de Roland Garros, Nadal conquistou oito das últimas dez edições - neste período, apenas em 2015 e 2016 os vencedores foram, respectivamente, Stan Wawrinka e o próprio Djokovic.

Tênis