PUBLICIDADE
Topo

Tênis

Djokovic sobre bolada: Não posso garantir que nunca mais farei algo assim

Novak Djokovic se desculpa após acertar bolada em juíza de linha - Reuters
Novak Djokovic se desculpa após acertar bolada em juíza de linha Imagem: Reuters

Do UOL, em São Paulo*

14/09/2020 09h38

Número um do mundo, Novak Djokovic disse que não pode garantir que nunca mais cometerá um erro semelhante ao de sua desclassificação no Aberto dos Estados Unidos, há uma semana. Na ocasião, o tenista acertou uma bolada acidentalmente na juíza de linha.

Prometendo que fará o melhor para evitar situações parecidas por causa de seu temperamento em quadra, Djokovic disse que tudo é possível na vida. O tenista agora se prepara para a disputa do Masters 1000 de Roma.

"Não posso prometer ou garantir que nunca farei algo semelhante a isso em minha vida. Vou tentar o meu melhor, obviamente, mas tudo é possível na vida", disse

Após o incidente, os organizadores do torneio confirmaram que Djokovic foi multado em US$ 250 mil (cerca de R$ 1,3 milhão), seu prêmio em dinheiro por chegar às oitavas de final. O jogador de 33 anos também foi multado em US$ 10 mil (cerca de R$ 53 mil) por conduta antidesportiva.

"As regras são claras. Eu aceitei e tive que seguir em frente. Isso é o que eu fiz. É a primeira vez que algo assim acontece comigo na minha carreira. Eu não queria machucá-la. Foi lamentável", acrescentou Djokovic.

Djokovic foi desclassificado na quarta rodada do torneio ao atirar a bola no fundo da quadra, frustrado, após perder o saque no primeiro set contra o espanhol Pablo Carreno Busta, o que provocou a queda da juíza ao chão. Segundo Djokovic, a juíza está recuperada do incidente.

"Sinto muito pelo drama que causei. Falei com ela e verifiquei se ela está bem. Talvez a vida me tenha feito ver que algo assim tinha que acontecer comigo. Isso fica com você para a vida", disse.

*Com informações da agência Reuters.

Tênis