PUBLICIDADE
Topo

Tênis

Andy Murray recebe convite para disputar chave do Aberto dos EUA

O tenista escocês Andy Murray foi convidado para disputar o Aberto dos EUA - Susana Vera
O tenista escocês Andy Murray foi convidado para disputar o Aberto dos EUA Imagem: Susana Vera

Do UOL, em São Paulo

06/08/2020 19h19Atualizada em 06/08/2020 21h30

Ex-número 1 do mundo, o tenista Andy Murray foi convidado hoje para disputar o Aberto dos Estados Unidos, que começa em 31 de agosto. O torneio tem ausências confirmadas de Novak Djokovic, Roger Federer, Rafael Nadal e Ashleigh Barty, atual líder do ranking mundial feminino.

O britânico está atualmente na posição 129, sendo o primeiro na lista de espera do torneio. Mesmo que tenha perdido por pouco a oportunidade de classificação direta, ele deve competir no seu primeiro Aberto dos EUA desde 2018.

Murray também recebeu convite para competir no Western & Southern Open, que será realizado de 20 a 28 de agosto, no USTA Billie Jean King National Tennis Center.

Ele, que venceu o primeiro de seus três títulos de Grand Slam no Aberto dos EUA de 2012 contra Novak Djokovic, está voltando de duas operações no quadril e não joga em um evento oficial desde a Copa Davis, em novembro passado.

Além de Murray, Kim Clijsters também foi convidada para o evento em Nova York. A belga é quatro vezes campeã do Grand Slam, ex-número 1 e já foi eleita para o Hall da Fama Internacional do Tênis.

Outras sete mulheres estadunidenses também receberam convites: Usue Arconada, CiCi Bellis, Francesca Di Lorenzo, Caroline Dolehide, Ann Li, Robin Montgomery e Whitney Osuigwe.

Tênis