PUBLICIDADE
Topo

Tênis

Nadal diz que disputará Roland Garros se condições forem iguais para todos

Nadal ergue o troféu de Roland Garros em 2018 - Thomas Samson/AFP
Nadal ergue o troféu de Roland Garros em 2018 Imagem: Thomas Samson/AFP

Do UOL, em São Paulo

01/06/2020 12h57Atualizada em 01/06/2020 13h18

O tenista Rafael Nadal disse que irá à "Roland Garros se as condições forem iguais para todos". Ele se refere à segurança sanitária colocada em risco por causa do novo coronavírus.

Se competir, Nadal terá a chance de conquistar o seu 13º título na competição francesa.

"Não vejo o futuro do ponto de vista profissional, mas do ponto de vista médico e de saúde. Quanto a Roland Garros, se é possível jogar em ótimas condições e em total segurança, se todos puderem jogar, se estivermos todos juntos, sim, eu estarei lá", disse o atleta ao programa State 2, da France TV.

"Mas hoje temos que tomar precauções e ser responsáveis pelas decisões corretas para garantir a segurança e a saúde de todos no tênis", completou.

O tenista contou que está confiante para o retorno da temporada para a sua modalidade, mas lamentou a provável falta de público.

"É possível. O futebol está sendo jogado a portas fechadas. Mas se você me perguntar se eu gosto, a resposta é não. Nada pode substituir a presença do público e a energia que ele gera", lamentou o atleta.

Tênis