PUBLICIDADE
Topo

Tênis


Tênis

Incêndios preocupam e podem atrapalhar início do Aberto da Austrália

Djokovic demonstrou preocupação com o clima no país  - Adrian DENNIS / POOL / AFP
Djokovic demonstrou preocupação com o clima no país Imagem: Adrian DENNIS / POOL / AFP

Do UOL, em São Paulo

06/01/2020 10h50

Os incêndios que atingem a Austrália podem atrapalhar a realização do Aberto da Austrália, primeiro Grand Slam do ano no circuito mundial de tênis.

A maior preocupação dos organizadores e atletas é a qualidade do ar para a prática esportiva. A situação pode forçar o atraso da competição, agendada para começar no dia 20 de janeiro.

Apesar de admitir a dificuldade do caso, o chefe-executivo da Tennis Australia, Craig Tiley, acredita que o torneio deve acontecer naturalmente. Ele, no entanto, afirma que haverá um criterioso estudo sobre a qualidade do ar.

"Nós temos recursos extras para analisar, monitorar e assegurar a saúde e segurança de todos os jogadores, trabalhadores e fãs", disse. "A saúde dos jogadores, do público e do staff é prioridade e vamos continuar tomando todas as decisões com isso em mente."

Os jogadores também demonstraram preocupação com o clima. Na última semana, Novak Djokovic considerou a chance de atrasar o início do torneio.

"Temos que considerar isso por causa do clima extremo. Mas isso provavelmente é a última das últimas opções", comentou.

Tênis