PUBLICIDADE
Topo

Tênis

Wozniacki critica organização do Aberto dos EUA e ataca Sharapova

A tenista dinamarquesa Caroline Wozniacki saca contra a russa Ekaterina Makarova - Al Bello/Getty Images/AFP
A tenista dinamarquesa Caroline Wozniacki saca contra a russa Ekaterina Makarova Imagem: Al Bello/Getty Images/AFP

Do UOL, em São Paulo

31/08/2017 11h19

Fora do Aberto dos Estados Unidos após perder para a russa Ekaterina Makarova ainda na segunda fase, a dinamarquesa Caroline Wozniacki criticou a organização do Grand Slam sobre os horários das partidas e acabou cutucando Maria Sharapova.

Wozniacki ficou inconformada que ela, como número 5 do ranking da WTA, foi colocada para jogar na quadra 5 em horário ruim: depois das 23 horas. “Eu creio que isso é inaceitável”.

“Alguém que voltou de uma sentença de drogas, drogas para melhorar o desempenho, de repente consegue jogar toda a partida na quadra central. Eu creio que é algo questionável. Isso não figura um bom exemplo. Creio que alguém que lutou muito contra uma lesão e está em quinto no mundo, merece jogar em uma quadra maior que a cinco”, falou a dinamarquesa fazendo referência ao caso de Sharapova, que jogou suas duas primeiras partidas na quadra central.

Sharapova voltou às competições em abril de 2017, após 15 meses de suspensão por doping com meldonium.

Depois de retornar da suspensão, a russa não recebeu o convite para Roland Garros, contundiu-se e ficou fora de Wimbledon. A Associação Norte-americana de Tênis (USTA) justificou que Sharapova irá participar de um evento com crianças para conscientizá-las dos malefícios do uso de doping.

A russa ainda não obteve bons resultados neste ano de 2017. Desde que retornou da suspensão, a russa participou de quatro torneios.

Tênis