PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Dupla de Bruno Soares falha em momentos decisivos e fica com o vice

Bruno Soares faz um voleio durante a final do Master 1000 de Cincinnati - Reprodução Twiiter
Bruno Soares faz um voleio durante a final do Master 1000 de Cincinnati Imagem: Reprodução Twiiter

Do UOL, em São Paulo

20/08/2017 15h01

O brasileiro Bruno Soares entrou em quadra tentando o primeiro troféu no Master 1000 de Cincinnati, mas o título ficou para outra ocasião. Ele e o companheiro, o escocês Jamie Murray, fizeram um jogo equilibrado, mas falharam nos momentos decisivos. Os franceses Pierre-Hugues Herbert e Nicolas Mahut venceram com parciais de 7/6 (8/6) e 6/4.

Bruno e Jamie Murray começaram eficientes nas devoluções e tiveram até um break point no começo do primeiro set. A esta altura da partida os adversários tinham apenas 37% de aproveitamento no segundo serviço. Mas a chance não foi aproveitada e fez falta.

Os franceses melhoram o saque e a partida seguiu equilibrada até o tie-break. O placar foi apertado até 6/6, quando Jamie Murray cometeu uma dupla falta e os oponentes não perdoaram. Um fator que pode ter atrapalhado é que o escocês jogava com uma proteção no joelho direito colocada quando pediu atendimento.

O segundo set teve o mesmo panorama. Os sacadores confirmando com certa tranquilidade e a definição e os games finais ficando mais nervosos. A pressão era maior sobre a dupla do brasileiro porque um deslize colocaria fim a esperança de título. E a falha ocorreu quando Bruno Soares sacava em 4/5. O tenista não conseguiu manter o serviço e a dupla terminou com o vice.

Esporte