PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Após Murray, Djokovic anuncia desistência do Masters 1.000 de Miami

AFP PHOTO/KARIM JAAFAR
Imagem: AFP PHOTO/KARIM JAAFAR

Do UOL, em São Paulo

19/03/2017 14h43

Um dia após Andy Murray anunciar que não voa jogar o Masters 1.000 de Miami (EUA), a partir de quarta-feira, foi a vez de Djokovic fazer o mesmo.

Por meio de seu perfil no Twitter, o vice-líder do ranking mundial informou que não estará no torneio do qual foi campeão no ano passado em virtude de uma lesão.

"Eu peço desculpas aos meus fãs e às pessoas que compraram tíquetes para me verem jogar ao vivo no Miami Open. Estou lesionado e não poderei competir", disse.

Em sua conta no Twitter, o torneio afirmou se tratar de um problema no cotovelo. No sábado, veículos de imprensa da França e da Sérvia noticiaram que após sua eliminação do Masters 1.000 de Indian Wells (EUA) na quarta-feira, o jogador viajou para Mônaco para se consultar com um médico.

Um problema no cotovelo também havia forçado a desistência de Murray, líder do ranking. O torneio também não terá Jo-Wilfried Tsonga (8º do mundo) que será pai nos próximos dias.

Com as desistências de Muray e Djokovic, o suíço Stan Wawrinka (3º do mundo) será o cabeça de chave número 1 do Masters de Miami. 

Esporte