PUBLICIDADE
Topo

Kelvin Hoefler conquista a prata no skate: "mais um marco para o skate"

Do UOL, em São Paulo

25/07/2021 13h28

Primeiro brasileiro a conquistar uma medalha nos Jogos Olímpicos de Tóquio, na edição de estreia do skate, Kelvin Hoefler foi entrevistado por Domitila Becker no UOL News Olimpíadas e disse que a conquista foi um marco para o skate brasileiro, a diferença de competir no evento em relação ao habitual e citou a medalha da prata no street como recompensa pelo piso quebrado na casa da mãe.

"Ainda não caiu a ficha, é muito gratificante de representar o meu país e toda a comunidade do skate. Eu nem pensei, na hora ali eu estava só curtindo o momento mesmo, eu falei 'caramba', a bandeira levantando, o hino, é legal", disse Hoefler.

"Mais um marco para o skate, sabe? Acredito que o skate vai continuar sendo a mesma coisa, a gente tem esse lifestyle e vai continuar, então é bem legal de sentir essa nova sensação de representar o meu país, é bem legal", completa.

O skatista também comentou os estragos que fez na casa de sua mãe quando criança, no início de sua prática da modalidade e aponta que agora pode oferecer a medalha como recompensa.

"Minha mãe foi minha base de tudo, ela que me aguentou muito, eu quebrando o piso dela da sala, da cozinha, principalmente panela, prato, tudo ali, mas mãe, eu consegui ganhar a medalha, agora a gente pode trocar aquelas panelas lá e aqueles pratos por essa medalha. Eu não sei se ela vai aceitar, mas vou tentar", conclui.