UOL Olimpíadas
BUSCA




RECEBA O BOLETIM
UOL ESPORTE
 

 
27/09/2004 - 14h18
Clodoaldo vence os 4x50 m medley e fecha Jogos com 6 ouros

Lello Lopes*
Enviado especial do UOL
Em Atenas (Grécia)

Clodoaldo Silva não gosta de ser comparado com Michael Phelps. Mas nesta segunda-feira o brasileiro superou o norte-americano. Com um desempenho brilhante, ele encerrou sua participação nos Jogos Paraolímpicos de Atenas com seis medalhas de ouro. A última delas, a mais emocionante de toda a competição, veio no revezamento 4x50 m medley baixo (soma de 20 pontos na classes dos competidores).

Reginaldo Castro/CPB Divulgação 
Clodoaldo Silva conquista sua sexta medalha de ouro nas Paraolimpíadas
Contindo em suas comemorações, Clodoaldo desabou após a prova, chorando bastante. E não foi o único. Francisco Avelino e Adriano Lima também choraram.

"Todas (as medalhas) me deixaram feliz, mas a emoção maior é a última prova, que veio para um grupo sensacional. São atletas que abriram mão de tudo pelo esporte e agora estão tendo uma recompensa", disse Clodoaldo.

A prova, a última da natação brasileira nas piscinas de Atenas, foi uma das mais disputadas de todos os Jogos, com uma série de alternâncias entre os primeiros colocados.

Francisco Avelino abriu o revezamento brasileiro, terminando os primeiros 50 m, no estilo costa, em terceiro lugar. A posição foi mantida na segunda passagem, com Adriano Lima no peito. O Brasil começou a reagir no nado borboleta, com Luis Silva, que deixou Clodoaldo em segundo lugar.

Na última passagem, no nado livre, Clodoaldo disparou na liderança e completou a prova com o tempo de 2min37s46, quebrando o recorde paraolímpico de 2min39s94, que pertencia à Espanha, em Sydney-2000.

A segunda colocação ficou com o quarteto japonês, que tinha o melhor tempo nas eliminatórias (à frente dos brasileiros). Os espanhóis, recordistas mundiais, completaram o pódio.

"Eu não estou nem acreditando. Ainda não caiu a ficha. Foi meu presente de aniversário", disse Luis Silva, que completou 23 anos no sábado.

Colecionador de ouros
Antes do revezamento, Clodoaldo Silva havia chegado também na primeira colocação nos 50 m livre S4, na qual já era recordista mundial. Ele dominou desde o início da prova e não deu chances aos adversários. No final, ele cravou 35s41, melhorando ainda mais o recorde, que era de 36s24.

Os resultados conquistados em Atenas colocam o nome de Clodoaldo Silva como um dos maiores atletas paraolímpicos do país (em Sydney-2000 ele ganhou quatro de prata e uma de bronze) e, com certeza, consolidam o nadador como uma das figuras principais dos Jogos de Atenas.

Antes dos dois ouros desta segunda-feira, ele havia vencido os 50 m borboleta, 100 m e 200 m livre, e 150 m medley individual, todos na classe S4. Além disso, levou também a prata no revezamento 4x50 m - 20 pontos.

Em comparação a Michael Phelps, Clodoaldo fica em desvantagem de uma medalha, mas se valer o "desempate", aparece na frente. Em Atenas, o norte-americano venceu seis provas e foi bronze em outras duas. Já Clodoaldo superaria a estrela dos Estados Unidos por uma prata.

"A comparação é complicada. Eu continuo a ser o Clodoaldo", garante o campeão, de sorriso no rosto, com simplicidade.

* O jornalista Lello Lopes viaja a Atenas a convite do Comitê Paraolímpico Brasileiro

Veja também



22/11/2004
10h36 - WADA tem orçamento acrescido em US$ 1,47 milhão

19/11/2004
20h13 - Brasileiro fica em 25º no Mundial de luge e soma ponto para Turim

18/11/2004
13h22 - Polícia faz diligência em empresa responsável por Turim-2006

12/11/2004
19h31 - COB anuncia indicados ao Melhor Atleta do Ano

10h20 - Jogos de Atenas custaram mais de 9 bilhões de euros à Grécia

05/11/2004
08h59 - Chineses adotam data "da sorte" para abertura dos Jogos de 2008

04/11/2004
14h38 - Presidente de comitê dos Jogos de Turim vai pedir demissão

13h51 - Putin recebe no Kremlin 182 medalhistas russos em Atenas 2004

09h06 - Barcelona ajudará candidatura de Madri às Olimpíadas de 2012

02/11/2004
10h09 - Governo dará a Paris 2,5 bilhões de euros para campanha olímpica

Mais notícias