UOL Olimpíadas
BUSCA




RECEBA O BOLETIM
UOL ESPORTE
 

 
13/08/2004 - 10h15
Técnico da seleção masculina analisa chaves do judô para o UOL

Murilo Garavello
Enviado especial do UOL
Em Atenas

Por meio de um progama de computador, foram sorteadas na quinta-feira as chaves olímpicas do judô. Os brasileiros estavam presentes. "Na hora, não pudemos mostrar nossas reações porque os adversários também estavam lá. Ficamos bem quietinhos", conta o técnico da seleção masculina, Luiz Shinohara.

Agora, os judocas e a comissão técnica se ocupam em definir as estratégias e estudar pela última vez os prováveis adversários. "Trouxemos algumas fitas de vídeo. Vamos dar uma última estudada e, claro, ser nosso assunto principal nos próximos dias", diz o técnico.

A pedido do UOL Esporte, Shinohara analisou o emparelhamento dos brasileiros. "Para alguns, o sorteio foi bom, para outros ruins. O ideal seria pegar uma luta fraca antes para poder assistir ao combate do rival e ter mais subsídios para definir a melhor estratégia. Mas acho que, no geral, todos reagiram bem ao sorteio".

Alexandre Lee - ligeiro
"O Lee caiu em uma chave boa. O armênio (Armen Nazaryan) é forte, mas ele tem, a meu ver, grandes chances de passar. Passando da primeira rodada, ele chega na semifinal".

Henrique Guimarães - meio-leve
"O Henrique não deu sorte, não, pelo contrário. Na primeira rodada vai pegar um coreano duríssimo (Gui Man Bang). A Coréia do Sul cresceu demais no judô, estão com uma equipe muito forte. O Henrique vai ter de se superar".

Leandro Guilheiro - leve
"O Leandro estréia contra um espanhol (Kiyoshi Uematsu), que é o atual campeão mundial. Claro que é um rival forte. O Leandrinho tem um estilo parecido com o dele. O cara faz uchi-mata, o Leandrinho também. Então vai ser uma luta na qual quem estiver mais focado e acertar o golpe na hora certa vai vencer. Se ele vencer, fica bem. Pega na seqüência um haitiano e, provavelmente, um polonês, que não são nada demais".

Flávio Canto - meio-médio
"O Flávio pegou uma chave boa. Com gente muito boa (risos). Acho que ele passa pelo colombiano (Mario Antonio Valles) com tranquilidade. Depois, deve pegar o (georgiano Aleksei) Budolin na segunda luta. Ele mais perdeu do que ganhou dele, mas tenho certeza que dessa vez ele vai ganhar. O Flávio está bem, e o estilo em que ele está lutando se encaixa bem com o do Budolin. Depois, deve vir o japonês. Aí já começa a ficar complicado".

Carlos Honorato - médio
"O Honorato pegou uma chave muito boa no quadro de cima. Acho que ele tem lutas tranquilas no começo. O problema é que o lado dele da chave é muito mais fraco que o outro. Se ele perder, vai enfrentar na repescagem judocas da outra chave. Além disso, se ele perder de um judoca mais fraco, a chance de esse cara perder na luta seguinte, deixando ele de fora da respescagem, é grande".

Mário Sabino - meio-pesado
"O Sabino deu azar. Só pegou pedreira. O israelense (Ariel Zeevi) é o atual campeão europeu e vem crescendo demais. Se vencer, pega o Nicolas Gill (canadense, atual vice-campeão olímpico e que já tem rivalidade com Sabino: perdeu a final do Pan-Americano para o brasileiro, mas tirou as chances de ouro de Sabino ao derrotá-lo meses depois). Era difícil ser pior do que isso".

Daniel Hernandes - pesado
"Nunca dá para falar que ninguém é fácil, mas o Daniel deve ganhar do nigeriano (Chukwuemeba Onyemachi). Depois, vem o (russo Tamerlan) Tmenov. Ele é muito forte, é o judoca mais bem ranqueado da Europa. Ele nunca venceu o Tmenov e, no Mundial do ano passado, perdeu na disputa do bronze por um erro dele mesmo. Andei trabalhando bastante esse erro, o posicionamento da perna em relação à perna do outro. Ele melhorou bastante. Vamos ver na prática como vai ser. Se ele passar do Tmenov, deve ter outra pedreira: o Pertelson (Indrek Pertelson, da Estônia), que vem crescendo muito rápido".

Veja também



22/11/2004
10h36 - WADA tem orçamento acrescido em US$ 1,47 milhão

19/11/2004
20h13 - Brasileiro fica em 25º no Mundial de luge e soma ponto para Turim

18/11/2004
13h22 - Polícia faz diligência em empresa responsável por Turim-2006

12/11/2004
19h31 - COB anuncia indicados ao Melhor Atleta do Ano

10h20 - Jogos de Atenas custaram mais de 9 bilhões de euros à Grécia

05/11/2004
08h59 - Chineses adotam data "da sorte" para abertura dos Jogos de 2008

04/11/2004
14h38 - Presidente de comitê dos Jogos de Turim vai pedir demissão

13h51 - Putin recebe no Kremlin 182 medalhistas russos em Atenas 2004

09h06 - Barcelona ajudará candidatura de Madri às Olimpíadas de 2012

02/11/2004
10h09 - Governo dará a Paris 2,5 bilhões de euros para campanha olímpica

Mais notícias