UOL Olimpíadas
BUSCA




RECEBA O BOLETIM
UOL ESPORTE
 

 
12/08/2004 - 16h22
Iraque surpreende e vence Portugal na estréia

Da Redação
Em São Paulo

AFP 
Iraquianos comemoram o primeiro dos quatro gols contra Portugal
"Os iraquianos não são tão ruins quanto eles próprios dizem".

A frase, do técnico José Romão antes da partida entre Portugal e Iraque, pela primeira rodada do Grupo B do torneio masculino de futebol, foi profética. O comandante português, porém, não esperava que suas palavras estivessem tão corretas.

O Iraque venceu Portugal, favorito à medalha, nesta quinta-feira, por 4 a 2, no estádio Pampeloponnisiako, em Patras.

É a primeira participação olímpica do Iraque no futebol desde Seul-1988. Em fevereiro deste ano, o COI (Comitê Olímpico Internacional) retirou a suspensão aplicada ao Comitê Olímpico Iraquiano, permitindo que os atletas do país participassem dos Jogos.

O comitê havia sido suspenso em 17 de maio de 2003 devido à guerra que pôs fim ao regime de Saddam Hussein. O futebol era comandado por um dos filhos do ditador. A cada resultado ruim da seleção nacional, Huddai Hussein aplicava penas físicas aos jogadores.

Aplicados taticamente, os iraquianos mostraram um futebol ofensivo e surpreenderam os inexperientes portugueses. Eles não se abalaram ao tomar o primeiro gol do jogo, contra, nem quando os europeus empataram o jogo, aos 44 min do primeiro tempo.

Os portugueses, por sua vez, perderam a cabeça. Com o jogo empatado em 1 a 1, Cristiano Ronaldo deu uma cotovelada em Mahmoud que cortou o supercílio do iraquiano. No começo do segundo tempo, o atacante Luís Boa Morte, um dos veteranos de Portugal, agrediu Abas e levou o vermelho.

Agora, Portugal terá de tentar a recuperação contra Marrocos, no domingo. O Iraque enfrenta a Costa Rica.

O jogo
O Iraque foi surpreendente desde o começo. Sempre no ataque, nem mesmo um gol contra, no início da partida os abalou. Aos 12min, Hugo Almeida tentou cruzamento da esquerda e Jabar chutou contra o próprio gol.

Apenas três minutos depois, o Iraque já empatava o jogo. Hawar Mohammed tocou, entre dois zagueiros, para Emad Mohammed, que tocou na saída do goleiro Moreira. O português defendeu a primeira, mas na segunda tentativa, os iraquianos marcaram o primeiro gol.

A virada veio aos 29min. Após boa troca de passes na área, a bola sobrou para Hawar Mohammed, que deu a assistência para o primeiro gol, tocar de cabeça para as redes. Em vantagem no placar, o Iraque passou a segurar mais a bola.

Portugal raramente chegava ao gol de Nour Sabri, de apenas 1,75 m. Em um desses raros ataques, veio o empate. Aos 43 min, Cristiano Ronaldo bateu falta na trave. Na seqüência, a defesa iraquiana jogou para escanteio. Ronaldo bateu, a defesa desviou para fora da área, mas Bosingwa pegou forte, de primeira, superando o baixinho Sabri.

Na volta do intervalo, o Iraque continuou dominando o jogo. Aos 5 min, o atacante Luís Boa Morte, um dos três veteranos convocados por Romão, perdeu a cabeça e chutou o defensor Bassim Abbas. Foi expulso.

O gol iraquiano não demorou. Aos 10 min, Emad Mohammed e Younis Mahmoud tabelaram na entrada da área. Mohammed saiu livre e cruzou para Mahmoud, também livre, marcar o terceiro. Aos 29 min, quase sai o quarto: Amir cabeceou no travessão de Moreira.

O técnico Romão resolveu então mudar o time. Com os meias-ofensivos Raul Meirelles e Carlos Martins e o atacante Danny em campo, o time passou a pressionar. Em contra-ataques, porém, o Iraque preocupava.

Aos 43 min, o Iraque quase ampliou, com Karim, na pequena área, chutando para fora. Aos 48, veio o quarto. Mahmoud entrou livre e chutou, a zaga desviou, mas Sadir tocou para dentro.

Portugal
Moreira; Bruno Alves , Ricardo Costa, Jorge Ribeiro e Fernando Meira (Carlos Martins); Frechaut, Bosingwa (Raul Meirelles) e Hugo Viana (Danny); Cristiano Ronaldo, Boa Morte e Hugo Almeida. Técnico: José Romão.

Iraque
Nour Sabri; Bassim Abbas, Haidar Jabar, Haidar Razzaq e Haidar Amir; Nashat Akram (Salih Sadir), Abdul Al Hail, Qusai Munir e Hawar Mohammed (Mahdi Karim), Emad Mohammed (Ahmed Manajid) e Younes Ahmoud. Técnico: Adhan Hamad Majeed.

Data: 12/08
Local: Pampeloponnisiako, em Patras
Árbitro: Divine Evehe (CAM)
Auxiliares: Patrice Doda Boundani (CAM) e Zogo Endeng (CAM)
Cartões amarelos: Cristiano Ronaldo e Bruno Alves
Gols: Haidar Jabar (contra), aos 12min; E.Mohammed, aos 15; H.Mohammed, aos 29; Bosingwa, aos 44 do 1º tempo; Ahmoud, aos 10; Sadir, aos 48 do 2º.

Veja também

Os jogos desta sexta-feira:



22/11/2004
10h36 - WADA tem orçamento acrescido em US$ 1,47 milhão

19/11/2004
20h13 - Brasileiro fica em 25º no Mundial de luge e soma ponto para Turim

18/11/2004
13h22 - Polícia faz diligência em empresa responsável por Turim-2006

12/11/2004
19h31 - COB anuncia indicados ao Melhor Atleta do Ano

10h20 - Jogos de Atenas custaram mais de 9 bilhões de euros à Grécia

05/11/2004
08h59 - Chineses adotam data "da sorte" para abertura dos Jogos de 2008

04/11/2004
14h38 - Presidente de comitê dos Jogos de Turim vai pedir demissão

13h51 - Putin recebe no Kremlin 182 medalhistas russos em Atenas 2004

09h06 - Barcelona ajudará candidatura de Madri às Olimpíadas de 2012

02/11/2004
10h09 - Governo dará a Paris 2,5 bilhões de euros para campanha olímpica

Mais notícias