PUBLICIDADE
Topo

Débora Menezes conquista prata e parataekwondo fatura 3ª medalha em Tóquio

Débora Menezes vence semifinal nas Paralimpíadas de Tóquio - Wander Roberto /CPB
Débora Menezes vence semifinal nas Paralimpíadas de Tóquio Imagem: Wander Roberto /CPB

Colaboração para o UOL, em São Paulo

04/09/2021 09h31

Débora Menezes ficou com a medalha de prata no parataekwondo na categoria mais de 58kg, após perder a final para Guljonoy Naimova, do Uzbequistão, por 8 a 4. Essa é a terceira medalha do Brasil na estreia da modalidade nas Paralimpíadas. Nathan Torquato faturou o ouro na categoria até 61kg, enquanto Silvana Fernandes levou o bronze na disputa até 58kg em Tóquio.

Após vencer a ucraniana Yuliya Lypetska na semifinal, com uma ótima performance e sem grandes dificuldades, a atleta seguiu para o confronto decisivo.

A luta foi difícil e começou com a brasileira em desvantagem. No primeiro round, a adversária ganhou por 4 a 0. Na segunda parcial, Débora conseguiu ensaiar uma melhora e vencer, por 3 a 2. No terceiro e último round, Guljonoy triunfou por 2 a 1, não dando chances para a paulistana conquistar a medalha de ouro. Assim, a uzbeque se vingou da derrota na decisão do Mundial de 2019.

Campeã há dois anos diante da rival e segunda colocada no ranking mundial, Débora fez a estreia nas Paralimpíadas com uma vitória sobre a mexicana Daniela Martinez por 24 a 12, nas quartas de final. O bom desempenho na competição lhe garantiu a medalha de prata, na primeira edição do evento com a participação da modalidade.

Com a prata de Débora, o Brasil fechou a sua participação no parataekwondo indo ao pódio com seus três representantes em Tóquio. E em uma modalidade com campeões de seis países diferentes, a delegação brasileira liderou o quadro geral de medalhas, com uma de cada cor.