PUBLICIDADE
Topo

Globo amplia cobertura e transmite Paralimpíadas em 4 canais simultâneos

Cassio, da seleção brasileira de futebol de 5, cercado por japoneses  - Alex Pantling/Getty Images
Cassio, da seleção brasileira de futebol de 5, cercado por japoneses Imagem: Alex Pantling/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

02/09/2021 07h55

Depois de restringir por uma semana a transmissão dos Jogos Paralímpicos de Tóquio ao SporTV 2, com exceção a um curto boletim em canal aberto na TV Globo, o Grupo Globo ampliou nesta quinta-feira (2) a cobertura do evento. Às 7h40, quatro canais transmitiam eventos ao vivo, enquanto o Brasil fazia partidas decisivas em esportes coletivos.

O momento aconteceu durante o primeiro evento exibido na Globo, a partida de semifinal do futebol de 5, de cegos, entre Brasil e Marrocos. Desde antes do início da Paralimpíadas já havia a programação para que a emissora transmitisse semifinal e final, no caso de a seleção brasileira se classificar. Everaldo Marques foi o escolhido para narrar.

A partida contra Marrocos, porém, também está sendo transmitida pelo canal principal do SporTV, com Natalia Lara, uma das narradoras que tem se dedicado às Paralimpíadas nos últimos dias, narrando principalmente partidas de esportes coletivos, como o goalball. Esse é o primeiro evento exibido pelo SporTV.

No canal que está sendo usado para a exibição das Paralimpíadas desde a cerimônia de abertura, o SporTV 2, o jogo escolhido foi das quartas de final do vôlei sentado masculino, entre Brasil e o time russo. Márcio Meneghini, outro dos narradores "titulares" do evento, comanda a transmissão, que é interrompida quando há participação brasileira relevante em outras modalidades, como a natação.

Já o SporTV 3 ficou com a seleção feminina de goalball, que também está na semifinal das Paralimpíadas, contra os Estados Unidos. A modalidade teve todos seus jogos transmitidos pela emissora, que optou por não deixar o espectador sem a cobertura desse jogo importante, narrado por Luiz Felipe Prota.