PUBLICIDADE
Topo

Gabriel Bandeira não se classifica para a final dos 100m costas

Gabriel Bandeira é prata nos 200m livre nas Paralimpíadas de Tóquio - Miriam Jeske/CPB
Gabriel Bandeira é prata nos 200m livre nas Paralimpíadas de Tóquio Imagem: Miriam Jeske/CPB

Colaboração para o UOL, em São Paulo

01/09/2021 22h23Atualizada em 01/09/2021 23h17

Gabriel Bandeira bateu na trave, e não se classificou para a final dos 100m costas da classe S14 (atletas com deficiência intelectual) na noite desta quarta-feira, do Brasil, nas Paralimpíadas de Tóquio.

Gabriel foi o terceiro colocado de sua bateria, com 1min01s63, e terminou na nona colocação na classificação geral. Apenas os oito primeiros vão para a disputa por medalha. A final será na manhã desta quinta-feira, às 6h03 (horário de Brasília).

Gabriel soma um ouro (100m borboleta), duas pratas (200m medley e 200m livre) e um bronze (revezamento misto 4x100m livre) na capital japonesa.

Outros resultados

Talisson Glock se classificou com o melhor tempo para a final dos 400m livre da classe S6 (atletas com média funcionalidade). Ele liderou a primeira bateria com 5min06s28.

Laila Abate avançou para a final dos 400m livre da classe S6 (atletas com média funcionalidade) com o sétimo melhor tempo da classificação geral, com 5min39s00.

Ana Karolina de Oliveira terminou na quinta colocação geral, com 1min11s67, e está na final dos 100m costas S14 (atletas com deficiência intelectual).

Gabriel Araújo se classificou com o melhor tempo para a final dos 50m costas S2 (atletas com baixa funcionalidade). O brasileiro fez 56s82.

Eric Tobera se classifica para a final dos 50m livre S4 (atletas com média funcionalidade) com o oitavo melhor tempo, 41s34. Ronystony Silva, com 41s91, para nas classificatórias.

Patricia dos Santos vai a final dos 50m livre S4 (atletas com média funcionalidade) com o segundo melhor tempo, 41s62. Já Bruna Schnarndorf faz 48s58 e não avança.

Vanilton Filho não avançou nos 100m borboleta da classe S9 (atletas com alta funcionalidade). O brasileiro foi o quinto de sua bateria, com 1min07s04.

Bruno Becker fez 1min01s03, terminou na sétima colocação de sua bateria e não avançou nos 50m livre S3 (atletas com baixa funcionalidade).