PUBLICIDADE
Topo

SporTV abre Paralimpíadas com transmissão para cego ver

Natália Lara e Carla da Mata em transmissão do SporTV - Reprodução
Natália Lara e Carla da Mata em transmissão do SporTV Imagem: Reprodução

Demétrio Vecchioli

Do UOL, em São Paulo

24/08/2021 22h30

O SporTV abriu suas primeiras transmissões dos Jogos Paraolímpicos de Tóquio com apresentadores e comentaristas realizando autodescrição, em modelo que visa torná-las acessíveis para deficientes visuais. Da mesma forma que intérpretes de libras permitem que deficientes auditivos tenham acesso ao que é falado, a autodescrição, para os cegos, permite entender o que se passa no vídeo.

A primeira a fazer isso foi a narradora Natália Lara, que abriu a transmissão do duelo entre Brasil e Lituânia no golball dizendo que ela é uma mulher branca, de óculos e cabelos encaracolados, que estava sentada em uma mesa branca do lado esquerdo da tela. Depois, a comentarista Carla da Mata fez o mesmo.

Durante o jogo em si, Natália se esforçou em descrever em detalhes o que acontecia em cada lance, dizendo se o arremesso saía da mão direita ou esquerda, se era paralelo ou na diagonal, e qual a técnica utilizada. Na transmissão, ela explicou que essa era uma forma de permitir que deficientes visuais, como os que participavam do jogo, pudessem acompanhar o confronto, que abria a transmissão das Paralimpíadas.

Depois, o narrador Márcio Meneghini também iniciou a transmissão da natação fazendo uma autodescrição, sendo seguido pelo ex-nadador Clodoado Silva. O SporTV está exibindo o evento pelo seu segundo canal, o SporTV 2.